Peyton Manning deixa a NFL com uma série de recordes

O homem dos recordes. É assim que Peyton Manning pode ser chamado. O quarterback que vestiu as camisas de Indianapolis Colts e Denver Broncos está deixando o futebol americano. E com a decisão da aposentadoria confirmada nesta segunda-feira, o jogador deixa a NFL com uma série de números marcantes.

Joao Henrique Olegario
Profissional formado em Jornalismo, com pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte. Experiência em web-jornalismo e hard news. Bom desenvolvimento de pautas, notas, especiais e grandes reportagens para impressos. Amplo conhecimento do mundo esportivo e de diversas modalidades.

Crédito: Reprodução

Tudo sobre o futebol americano no Torcedores.com

Para começar, ninguém venceu tantos jogos na NFL quanto Peyton. O jogador tem 200 triunfos na carreira. São 186 em temporada regular (empatado com Brett Favre) e outros 14 em playoffs.

Muitas dessas vitórias foram conquistadas pelo talento de Manning em comandar os ataques. O quarterback é o líder de todos os tempos na NFL em passes para touchdown. Foram 539 em temporada regular. Além disso, o jogador é o dono do recorde de mais TDs em um único campeonato: 55 em 2013.

Manning é também o quarterback com maior número de jardas conquistadas através de passes: 71.940. O recorde de jardas e uma única temporada também pertence a Peyton: 5.477, em seu melhor ano com a camisa do Denver Broncos.

Tais números fizeram de Manning o único jogador na história da NFL a ser escolhido cinco vezes como MVP (jogador mais valioso) de uma temporada. O astro também foi escolhido para o jogo das estrelas em 14 oportunidades (lidera esta estatística empatado com outros três jogadores).

Se engana quem pensa que a carreira de Manning foi fácil com números tão expressivos. O jogador é o dono do recorde de viradas em partidas de temporada regular: 45. Peyton também detém a maior marca de campanhas para ganhar um jogo: 56.

Manning não vai deixar a NFL como o maior campeão de todos os tempos. O jogador tem dois títulos de Super Bowl (um com o Cols e outro com o Broncos). No entanto, o quarterback é sem dúvida um dos maiores vencedores da história do futebol americano.