Após novo tropeço Dracena fala: “É hora de conversar e se unir”

Divulgação

O Palmeiras sofreu mais uma derrota, a terceira em três jogos sob o comando de Cuca, hoje foi contra o Red Bull Brasil por dois a um, na noite desta quinta-feira (24) no estádio do Pacaembu partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. Alecsandro fez o gol do Verdão, o atacante é o artilheiro do time nessa edição do Paulistão

LEIA MAIS:
VEJA O QUE DISSE CUCA APÓS A DERROTA DO PALMEIRAS PARA O RED BULL
VEJA A SITUAÇÃO DO PALMEIRAS NA CLASSIFICAÇÃO GERAL DO PAULISTÃO
PORCO DIRIGÍVEL VOADOR DO PALMEIRAS “FOGE” DO PACAEMBU; CONFIRA

O lateral Egidio é um dos mais criticados pela torcida no fim da partida disse, “No intervalo, nós nos cobramos no vestiário e, no segundo tempo, voltamos com outra postura, querendo realmente vencer o jogo. Tivemos bola na trave, fizemos um gol, assustamos o goleiro, mas infelizmente não conseguimos. É mais um resultado que vai servir de lição. Estamos em um time grande, precisamos melhorar. Tivemos poder de reação, mas não revertemos a situação. É trabalhar, para melhorar, porque isso não pode mais acontecer.”

O zagueiro Edu Dracena também falou sobre a postura do time e a o que deve ser feito nos próximos jogos “Temos que ter mais tranquilidade, porque sabemos que é trabalhando que vamos deixar essa situação. Não existe fase boa ou ruim que dure por muito tempo. No futebol é assim”, declarou o zagueiro.A equipe tem demorado para reagir, para raciocinar mais rápido em uma jogada ou outra. Há momentos em que precisamos tocar e preferimos carregar, ou quando temos que segurar e optamos pelo chute, então, é hora de conversar e nos unir cada vez mais para essa fase passar logo”

Outro jogador que falou foi o atacante Dudu, que foi substituído no começo do jogo com suspeita de lesão, e no intervalo foi questionado se poderia continuar a jogar, “É opção do treinador, fazer o quê? Foi ele que substituiu. Paciência. Os médicos não têm nada a ver com isso, são excelentes. Nem deu tempo de ele me examinar”. Já no final do jogo com a cabeça mais fria, o atacante se explicou “Está tudo esclarecido, tudo certo, foi um mal-entendido. Ele achou que eu tinha machucado, quis fazer a substituição rapidamente, mas está tudo certo. O Cuca é um excelente treinador, e me ajudou muito quando eu estava subindo para o profissional do Cruzeiro. Tenho certeza que ele vai fazer o Palmeiras melhorar. Já conversamos no vestiário, está tranquilo”.

Com o resultado Palmeiras caiu para o segundo do grupo B, já o Red Bull Brasil, se manteve na segunda posição do grupo D, e praticamente garantiu a classificação para a próxima fase. O Verdão volta a campo no domingo (27), às 16h, contra o Água Santa, no estádio Prudentão.