Após goleada sofrida, Água Santa troca de técnico pela primeira vez na sua história

Foto: Reprodução/Site oficial

Desde a primeira partida do Água Santa como clube profissional, uma coisa era certa: o técnico Márcio Ribeiro. Essa certeza terminou após o anuncio da demissão do treinador pelo clube de Diadema. O Netuno, que começou o Campeonato Paulista sonhando até com uma possibilidade de se classificar para a próxima fase do estadual, está a seis jogos sem vencer, sendo que na última partida foi goleado pelo Novorizontino por 4 a 0 e entrou na zona de rebaixamento.

O Água Santa já definiu o substituto de Márcio Ribeiro: será Márcio Bittencourt, que treinava o Atlético Sorocaba na série A2 do Campeonato Paulista. O técnico deve se juntar ao elenco neste fim de semana, quando a equipe diademense irá encarar o Palmeiras, em Presidente Prudente. Márcio Bittencourt iniciou sua carreira como técnico em 2005 no Corinthians, substituindo o questionado técnico argentino Daniel Passarella.

Apesar de bons resultados, ele foi dispensado pela diretoria corintiana e depois disso teve passagens por vários clubes do país, mas nenhum clube de grande expressão no cenário brasileiro. O Água Santa será o terceiro clube de Márcio Bittencourt este ano. Ele começou o ano no Icasa, do Ceará, de onde saiu em fevereiro por causa de problemas financeiros do clube cearense. Recentemente assumiu o Atlético Sorocaba, e deixou a equipe às vésperas do jogo em que a equipe decidirá sua permanência na divisão de aceso à elite.

Márcio Bittencourt terá a missão de evitar o rebaixamento do caçula da elite paulista. No momento, o Água Santa tem 12 pontos e está em terceiro lugar no seu grupo, 7 pontos atras do Red Bull Brasil (segundo colocado do grupo D) e empatado em pontos na classificação geral do estadual com XV de Piracicaba e Oeste, porém em desvantagem por causa do saldo de gols.