Carmelo Anthony aceitaria salário menor para jogar com amigos

Reprodução/Facebook

Depois de nessa semana LeBron James dizer “sim” para a ideia de, antes do fim da carreira, diminuir drasticamente o salário na NBA para ter a oportunidade de atuar junto com amigos, chegou a vez de Carmelo Anthony dizer o mesmo. O jogador do New York Knicks foi mais um a assumir que gostaria de ter a oportunidade no futuro.

LEIA MAIS:
Conheça os 10 maiores salários dos novatos da NBA

O projeto de um novo Dream Team parece cada vez mais possível de sair do papel, embora no momento ainda não passe de uma fantasia dos jogadores que gostariam de fazer parte desse time antes do fim da carreira. De acordo com o GloboEsporte.com o camisa 7 da franquia de Nova York, aos 31 anos de idade e em sua 14ª temporada na liga americana, admitiu a vontade de atuar ao lado de atletas como LeBron, Chris Paul e Dwyane Wade.

E para que esse desejo se torne realidade cada um deles precisaria jogar por um salário mais baixo que o de hoje, o que Carmelo afirmou que aceitaria fazer em prol da oportunidade de realizar um sonho. No entanto, esse passo não seria dado tão cedo em virtude dos anos que cada um deles ainda têm para se dedicarem a seus times, já que segundo o próprio ala-pivô essa é uma realização para antes das aposentadorias dos jogadores.

Carmelo Anthony chegou ao New York Knicks na temporada de 2010-2011, após atuar pelo Denver Nuggets, equipe pela qual foi draftado em 2003. A franquia ocupa hoje a 12ª colocação da Conferência Leste, com 30 vitórias e 43 derrotas.

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook



Jornalista formada em 2014, torcedora e apaixonada futebol, Fórmula 1 e esportes olímpicos. Sempre de olho nas últimas do mundo do esporte e louca por NBA.