Cirino sonha com a Libertadores e diz que o Flamengo pode conquistar as três competições que disputa

Na véspera da estreia do Flamengo na Copa do Brasil, marcada para esta quarta-feira, às 21h45, contra o Confiança, em Aracaju, Marcelo Cirino concedeu entrevista após o treino realizado no CT do Ninho do Urubu. O atacante falou do sonho que é disputar a Libertadores do próximo ano, Fla x Flu de domingo, companheiros de time e afirmou que o time pode conquistar todas as competições que disputa, por ter um elenco forte.

Allan Abi Madi
Colunista do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

LEIA MAIS:
Muricy define time do Flamengo para estreia na Copa do Brasil
Muricy descarta grupo fechado e revela que zagueiro e atacante estão em pauta no Flamengo
Site lista atletas de Fla e Flu entre 9 “talentos secretos” da América do Sul
Minotouro vai ao Flamengo fazer avaliação física e exalta o novo Centro de Excelência
Guerrero fala sobre trabalho no Flamengo e revela que está engasgado com o Vasco
Cuellar fala do seu início no Flamengo e afirma: ‘ Vivo um um sonho bonito’
Muricy afirma que treinar o Flamengo é realmente diferente e confia em títulos

 

Veja os principais trechos da entrevista do camisa 7 do Fla:

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

 

– ELENCO FORTE E DISPUTA DE TRÊS COMPETIÇÕES:

O que ele (Muricy) conversa desde o início do ano é que todos jogadores são importantes. Estamos chegando numa reta em que todos os jogadores são importantes. O Flamengo não pode priorizar. Temos possibilidade de ser campeões nas três competições que vamos disputar.

– ELIMINAR O JOGO DE VOLTA DA COPA DO BRASIL:

Muricy passou algumas informações do time adversários, mas pensamos, sim, em eliminar o jogo de volta, pois estamos passando por uma enorme carga de viagens.

– TIME COMPLETO E RESPEITO AO CONFIANÇA:

Tem que respeitar o Confiança, não à toa é o atual campeão estadual, mas temos que ir sim com time completo, se possível eliminar o jogo de volta.

– VONTADE DE CONQUISTAR A COPA DO BRASIL APÓS SER VICE CONTRA O FLAMENGO EM 2013:

Não digo engasgada, mas foi momento único para mim, onde tive oportunidade de enfrentar o Fla na final com 70 mil pessoas, e ali eu vi um momento de poder ser campeão.

– LIBERTADORES EM 2017 COMO FOCO:

A gente não comentou, mas voltar a jogar uma Libertadores é um sonho de qualquer jogador, então vamos em busca, sim, seja por Copa do Brasil ou Brasileiro.

– MARATONA DE JOGOS:

Fisicamente estou bem, mas estou sentindo pancada no tornozelo que tomei contra o Figueirense. Estou bem, acho que jogaria quarta e domingo, quarta e domingo.

– DIFERENÇA DO TIME COM MANCUELLO OU EDERSON:

O que muda é o entrosamento. Já estávamos acostumados com Mancuello, agora o Ederson entrando muda um pouco, mas a qualidade é parecida. São dois grandes jogadores, e tenho certeza que não temos dificuldades.

– PADRÃO TÁTICO DA EQUIPE:

Quando sai um, entra o outro. O importante é manter o padrão e saber onde o outro jogador está em campo.

– PRIORIDADE EM TER A POSSO DE BOLA NAS PARTIDAS:

É o estilo de jogo que Muricy está implantando na nossa equipe, apesar de termos muito jogadores rápidos, ele quer que a gente mantenha a posse de bola.

– POSSÍVEL PERDA DE GUERRERO E CUÉLLAR, CONVOCADOS, PARA O JOGO CONTRA O VASCO:

É mais entrosamento, porque jogadores para suprir nós temos. Na posição do Cuéllar, temos Márcio e até o próprio Ronaldo. Guerrero é indiscutível, mas temos o Vizeu. É questão de entrosamento, mas jogadores à altura temos.

– VANTAGEM DE SHEIK E GUERRERO JOGAREM O FLA X FLU NO PACAEMBU:

Acho que não. O campo não muda muito, a gente vai com intuito de conseguir três pontos. Se Guerrero e Sheik tiverem um atalho para conseguirmos os três pontos mais facilmente, tudo bem. Mas o jogo é difícil e tem que ver é no domingo mesmo.

– PREOCUPAÇÃO POR AINDA NÃO TER MARCADO EM CLÁSSICOS:

Existe, mas independentemente de clássico ou qualquer jogo, minha cobrança é mesma. Claro que minha característica não é de finalizador, mas claro que tenho capacidade e claro que cobro de mim gols em clássicos. Vai acontecer naturalmente, tenho certeza.

– CONCORRÊNCIA COM GABRIEL:

Gabriel é um companheiro praticamente de ataque, da mesma posição. É uma briga saudável, pessoa de coração muito bom. Treina alegre, independentemente de estar no banco ou titular. Pessoa muito querida pelo grupo, e estamos muito felizes por ele estar voltando a jogar bem

– PROBLEMAS EM TER MUITAS VIAGENS:

Alimentação não, porque temos nutricionistas e médicos. Jogador precisa repousar, porque temos viagens longas. É você acabar um treino, ir para a banheira de gelo ou uma banheira quente. Fisicamente e psicologicamente desgasta. Quando não tem um, tem o outro. Acho que têm desvantagens, mas também há vantagens com um jogo atrás do outro.

 

Se não houver novidades, o Flamengo deve enfrentar o Confiança com time titular. Veja todos os detalhes do treinamento: Muricy define time do Flamengo para estreia na Copa do Brasil

 

Veja também:

Douglas Baggio se diz muito motivado ao ser emprestado pelo Flamengo
Flamengo empresta atacante Thomas
Flamengo empresta volante ao Tupi-MG
Chapecoense anuncia zagueiro que estava no Flamengo
Flamengo empresta meia para disputa do Campeonato Paulista
Flamengo continua a faxina e empresta zagueiro para outro clube carioca
Apontado como joia por Zico, Rafinha é emprestado novamente pelo Flamengo

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi