Cuca diz que Palmeiras não é um ‘super time’, pede contratações e fala em ‘fundo do poço’

Palmeiras
César Greco / Palmeiras / Divulgação

Em quatro jogos sob o comando de Cuca, o Palmeiras conheceu sua quarta derrota consecutiva na temporada 2016. Em coletiva de imprensa após a goleada sofrida para o Água Santa, por 4-1, o técnico alviverde lamentou bastante o resultado, pediu contratações à diretoria e torce para que o time tenha chegado ao fundo do poço”.

LEIA MAIS
CONSELHEIRO DO PALMEIRAS EXIGE DEMISSÃO DE MATTOS, CITA REBAIXAMENTO E INCITA VIOLÊNCIA
PALMEIRAS ACUSA MANCHA VERDE DE INVASÃO EM NOTA OFICIAL

Quatro jogos, quatro derrotas. Essa é a campanha de Cuca no Palmeiras, após mais uma derrota no Paulistão, dessa vez uma goleada vexatória para o Água Santa, por 4-1. Após a partida, o treinador do Verdão não fugiu da responsabilidade e “abriu o coração” para os jornalistas presentes no Prudentão.

“Tomara que a gente tenha chegado no fundo do poço, pois de lá não tem mais pra onde ir. Se ainda não for o fundo do poço, podemos cair mais. Me dói falar isso, mas é de coração. Só chegando nessa situação para entender o que temos de fazer, dar a volta por cima”, afirma Cuca.

O treinador do Verdão deixou claro que o Palmeiras precisa de contratações para que o elenco seja fortalecido. Vale ressaltar, no entanto, que, em menos de dois anos, o Verdão já contratou mais de 30 jogadores.

“Não adianta pensar que temos um super time. Temos um bom time e tem de parar por aí. Temos ajustes e vamos fazer os ajustes. O Palmeiras tem de se unir, entender o que tem de melhorar. Precisamos se unir com o que tem aqui e saber que tem de trazer mais jogadores para melhorar o elenco”, disse Cuca. “O Palmeiras precisa ser fortalecido, esse é o meu sentimento. Tomara que esse sentimento bata com o pensamento da diretoria”, conclui.

Foto: César Greco / Palmeiras / Divulgação