Cuellar fala do seu início no Flamengo e afirma: ‘ Vivo um um sonho bonito’

O volante colombiano concedeu entrevista coletiva após o treinamento da manhã desta quarta-feira (02.03) no Ninho do Urubu. Cuéllar afirmou que sabia que o Flamengo era um dos maiores do mundo, que foi bem recebido, que a torcida é impressionante e que espera seguir no clube por muitos anos.

Allan Abi Madi
Colunista do Torcedores.com.

Crédito: Gilvan de Souza/Flamengo

LEIA MAIS:
Rodrigo Caetano segue a linha de Muricy e Flamengo não deve ter mais reforços por agora
Problema com Guerrero? Sheik rebate e explica seu relacionamento com o camisa 9 do Flamengo
Sheik exalta Flamengo 2016 e compara novo Ninho ao CT do Corinthians: “Mudou tudo”
Muricy elogia comprometimento dos jogadores do Fla e não confirma força máxima contra o Bangu
Cuéllar tem ótimos números em seu início no Flamengo; veja
Muricy afirma que treinar o Flamengo é realmente diferente e confia em títulos
Veja as notícias do Flamengo que estão bombando na web
Veja alguns jogadores que continuam no time sem a torcida entender o motivo

 

Confira os principais trechos da entrevista de Gustavo Cuéllar:

– PRIMEIRAS PARTIDAS PELO FLAMENGO:

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

– Estou muito feliz aqui e satisfeito pelas partidas que joguei. Não é fácil jogar num clube grande, mas quero seguir ajudando.

– CHEGADA AO FLAMENGO:

– Eu já sabia que o Flamengo era um dos maiores do mundo, mas surpreendeu a acolhida. Nunca tinha vivido isso na Colômbia. Vivo um um sonho bonito.

– MORAR NO RIO DE JANEIRO:

– Rio é acolhedor. Tem muito trânsito, mas estou acostumando. Espero seguir aqui por muitos anos.

– TORCIDA DO RUBRO-NEGRA:

– A torcida é impressionante. O carinho dela é muito bom. Espero seguir assim e podendo ajudar o rendimento da equipe.

– ADAPTAÇÃO:

– Consegui entrar no grupo, e facilitou a adaptação com os que falam espanhol e português. Fui bem recebido e me sinto em casa.

– FUTEBOL JOGADO NO BRASIL:

– Na estreia senti o físico mas peguei o timing. Aqui o jogo é mais rápido e jogadores mais técnicos. Mais difícil recuperar bolas. No terceiro jogo fui bem melhor. Ainda não estou 100%, mas espero que isso ocorra o mais rápido possível.

– PRECISÃO NOS PASSES:

– Sou agressivo na marcação e bom nos passes. Grupo me dá confiança para fazer as coisas bem.

 – EXPULSÃO NO FLA X FLU:

– Todos têm momentos assim. Se acontecer de novo terei calma e não farei o mesmo.

O Flamengo enfrenta o Bangu pela última rodada da primeira fase do Campeonato Carioca, no próximo sábado (05.03), às 16h, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

 

Veja também:

Douglas Baggio se diz muito motivado ao ser emprestado pelo Flamengo
Flamengo empresta atacante Thomas
Flamengo empresta volante ao Tupi-MG
Chapecoense anuncia zagueiro que estava no Flamengo
Flamengo empresta meia para disputa do Campeonato Paulista
Flamengo continua a faxina e empresta zagueiro para outro clube carioca
Apontado como joia por Zico, Rafinha é emprestado novamente pelo Flamengo

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi