D’Alessandro compara futebol brasileiro com argentino

Depois de passar anos no Brasil atuando pelo Internacional, D’Alessandro agora defende o River Plate-ARG e comparou o futebol dos dois países.

Cleiton Eduardo
Sou Apaixonado por futebol desde criancinha, tento dar minha opinião de forma imparcial, mesmo que seja contra meu time de coração. Gosto de ver opiniões de outros torcedores com o que escrevo e falo. Dizem que sou um pouco polêmico por não ter papas na língua. Prezo pela verdade.

Crédito: Foto: Ricardo Duarte - Internacional

LEIA MAIS:
River Plate x São Paulo: Dênis comete falha incrível e dá empate ao River; assista

“O futebol argentino mudou muito e é muito físico. Não existem muitos meias. Precisamos de jogadores que pensem para não correr tanto e termos mais a posse de bola. A parte física é importante, mas temos que recuperar aqueles que cadenciam o jogo. O jogador argentino era diferente por isso, não por correr”, declarou em entrevista ao TyC Sports.

“Se corre muito mais na Argentina (do que no Brasil). Não digo que o físico não seja importante, mas aquela coisa de jogar o futebol e tomar certo tempo para decidir a melhor jogada se perdeu. Não só aqui, mas nas equipes europeias também. É uma tarefa nossa recuperar isso e temos que esperar que os novos jogadores que estão surgindo sigam por esse caminho”, avaliou.

D’Alessandro ainda disse que é preciso fazer um trabalho diferenciado com as categorias de base e não pensar apenas no resultado.

“É preciso deixar de priorizar o resultado. É muito difícil e é um trabalho em longo prazo, mas o turbilhão te leva a trabalhar dia a dia, partida a partida”, concluiu o meia.