Dirigentes gremistas criticam entrada em Bolaños: “atitude criminosa”

O clássico Gre-Nal 409 acabou em 0 a 0, sem gols, mas com muitas confusões dentro e fora de campo. Acontece que o protagonismo do jogo ficou por conta das divididas, bate-bocas e xingamentos. Até os dirigentes de Grêmio e Inter trocaram indiretas e criticaram uns aos outros. O estopim para as discussões foi a grave lesão de Bolaños, que ficará no mínimo 30 dias fora dos gramados e passará por cirurgia na mandíbula. O lance ocorreu logo no início do jogo, no qual o lateral colorado William, acerta uma cotovelada no rosto do equatoriano.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Jornal Zero Hora

VEJA MAIS

LANCE POLÊMICO DE WILLIAM EM BOLAÑOS GERA COMENTÁRIOS NO TWITTER

COM MANDÍBULA QUEBRADA, BOLAÑOS RECEBE PEDIDO DE DESCULPAS DE WILLIAM

As discussões, a troca de farpas entre os dirigentes, aconteceram após o apito final da partida. No lado azul, o primeiro a se manifestar foi o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr. O mandatário criticou o árbitro Anderson Daronco, disse que ele deixou de marcar uma falta e um pênalti em Bolaños.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

“O Bolaños sofreu um pênalti não marcado. Nitidamente, se observarem bem o que houve no segundo lance, quando o Bolaños teve duas fraturas de mandíbula, não sabemos o tempo que vai levar de recuperação. O investimento mais caro… Por conta disso, a gente chama atenção das arbitragens. Esse lance sequer foi visto. se analisar, vocês vão ver o quão criminoso foi o lance, com mão estendida, cotovelo direto no rosto. Por isso que é melhor ter árbitro de fora numa situação dessa natureza” reclama o presidente Romildo.

O diretor executivo do Grêmio, Rui Costa, também ficou indignado com as situações após o jogo. Chegou a classificar a atitude de William em Bolaños como “criminosa”.

“O presidente pretende o que pretendemos. Depois do que o atleta do Inter fez com nosso atleta. O Miller teve duas fraturas. Se pega mais em cima, não sei o que poderia acontecer. Se vocês olharem a imagem é uma atitude criminosa. Desafio a procuradoria do TJD, tem que ficar no mínimo o período que o Miller não praticar. A imagem é irrefutável. Diante do episódio, a informação teria sido dito que criminoso era o Maicon. A gente está esperando um gesto de grandeza, de solidariedade, porque temos um jogador num estado deplorável. Bolaños está irreconhecível. É brincadeira. Vamos respeitar o ser humano Bolaños, ter que ouvir uma coisa dessas. O presidente queria pedir explicações. Em que medida é razoável”, disse o dirigente Rui Costa.

Veja o lance entre William e Bolaños:

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Após a disputa de bola entre William e Bolãnos, logo no início do jogo, o equatoriano seguiu em campo até o fim do primeiro tempo. Segundo o dirigente Rui Costa, o meia do Grêmio queria voltar para a segunda etapa da partida, mas os médicos levaram o jogador direto para um hospital em Porto Alegre. O atleta foi internado na noite de ontem, passará por uma cirurgia para reconstituir a mandíbula. A previsão, segundo médico gremista, Paulo Rabaldo, é de 15 dias parado, e outros 15 para recuperação física. Ou seja, no mínimo, um mês longe dos gramados.

Foto: Jornal Zero Hora