Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Galvão defende Globo de protestos da Gaviões, mas diz: “é direito do cidadão”

Pela primeira vez a Rede Globo falou a respeito dos protestos da torcida organizada Gaviões da Fiel contra a emissora. Durante o intervalo do jogo contra o Santa Fé pela Libertadores, a câmera focou nas faixas de protestos, e Galvão Bueno argumentou.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Reprodução/Facebook

LEIA MAIS:
GALVÃO BUENO É ESCOLHIDO COMO A ‘VOZ DA LIBERTADORES’
PRESIDENTE E SECRETÁRIO DA GAVIÕES DA FIEL SÃO ESPANCADOS EM SÃO PAULO

O mais experiente narrador esportivo da emissora argumentou ao ver a faixa da torcida organizada que dizia “futebol refém da rede globo”.

“Eu gostaria de registrar que são só três canais que transmitem a Libertadores para o Brasil, e só a Globo transmite gratuitamente e em TV Aberta, como fazemos com o futebol brasileiro há mais de 40 anos”, disse Galvão durante o intervalo da partida, finalizando. “Mas protestar é direito do cidadão”.

Galvão citou também a faixa que dizia em inglês “futebol sem fãs não é nada”. A torcida vem protestando há alguns jogos contra a FPF e a emissora devido aos horários dos jogos e preços dos ingressos.

Os protestos tomaram proporções ainda maiores quando a Gaviões organizou caminhadas até a sede da federação. A torcida protestou também contra o suposto desvio de verbas para merendas das escolas do estado, e organizou doações de alimentos para as escolas afetadas.