Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Relato de um paulistano no histórico Flamengo x Fluminense no Pacaembu

Aos 30 anos de idade, enfim, pude assistir pela primeira vez in loco o tradicional Flamengo e Fluminense. E o palco não poderia ter sido mais emblemático para os paulistanos: o estádio do Pacaembu, que recebeu mais de 30 mil torcedores na tarde quente deste domingo: excelente público para os padrões dos modorrentos Estaduais. A maioria presente era flamenguista.

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

LEIA MAIS:
Cinco razões explicam o empate no Fla-Flu 
Fla x Flu de São Paulo tem festa no Pacaembu, mas termina sem gols 

Para chegar ao Paulo Machado de Carvalho optei pelo metrô. Saí da Chácara Klabin com destino à estação Clínicas. A curta viagem transcorreu sem problemas. Nos vagões do trem deu para perceber muitos torcedores trajados com as camisas de Flamengo e Fluminense. O respeito prevaleceu entre os rivais. Não houve nem sequer gozações. Poderia ser sempre assim….

O ingresso comprado foi para a arquibancada laranja. Na rua Itápolis havia um mar de flamenguistas e filas enormes para acessar os portões. Passada cerca de meia hora, enfim eu, meu irmão e um colega conseguimos atingir as catracas, porém, os ingressos foram recusados. Houve problema de validação. Precisamos ir até a um balcão ao lado para resolver o problema. Após longos 15 minutos, nossa entrada foi liberada já com a bola rolando.

Passamos os 90 minutos em pé. Não havia nenhum lugar vago. O setor estava superlotado, irresponsabilidade dos organizadores. Por sorte não houve nenhum tumulto. O clima de paz prevaleceu.  Havia muitas famílias com crianças, que muito provavelmente assistiam às suas primeiras partidas de futebol dentro do estádio.

Uma pena que o clássico foi muito fraco tecnicamente. Diria que foi um dos piores jogos que assisti no Pacaembu. Os dois times maltrataram a bola. Os goleiros Paulo Victor e Diego Cavalieri foram pouco exigidos. Houve um festival de passes errados. O Flamengo, mandante da partida, esteve mais presente no campo de ataque, porém, não conseguiu traduzir isso em gols. Foi evidente a falta de criatividade dos meio-campistas. O meia Ederson pouco tocou na bola. Pelo lado do Fluminense, o camisa 10 Diego Souza quase não foi notado e foi sacado no segundo tempo por Levir Culpi.

O melhor em campo acabou sendo o flamenguista Willian Arão, um volante de contenção. O ex-botafoguense fez precisos desarmes levando a torcida ao delírio. Um retrato Fla-Flu onde a marcação prevaleceu sobre a criação. Tanto rubro-negros quanto tricolores estavam mais preocupados em não saírem derrotados e arriscaram pouco. O empate sem gols foi justo. Os torcedores que encheram o Pacaembu mereciam um melhor espetáculo.

Espero ver mais jogos entre times cariocas no Pacaembu!

Confira abaixo algumas imagens do histórico Flamengo x Fluminense

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

 

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com