Roger Machado diz que grupo da Libertadores está embolado

O Grêmio empatou em casa contra o San Lorenzo por 1 a 1, nesta quarta-feira. O treinador Roger Machado fez questão de defender suas opções para o segundo tempo e destacou que, com o resultado, o grupo 6 da Libertadores ficou embolado.

Cleiton Eduardo
Sou Apaixonado por futebol desde criancinha, tento dar minha opinião de forma imparcial, mesmo que seja contra meu time de coração. Gosto de ver opiniões de outros torcedores com o que escrevo e falo. Dizem que sou um pouco polêmico por não ter papas na língua. Prezo pela verdade.

Crédito: Reprodução / YouTube

LEIA MAIS:
Libertadores: Grêmio e Palmeiras estão em situação semelhante; confira

“A orientação era buscar a vitória pessoal, chegar à linha de fundo e alçar na área. Nos minutos finais, você acaba se expondo em busca da vitória. A bola passou mais no meio-campo, a gente entregou o contra-ataque. Faz parte do risco. Foi um jogo complicado, contra um adversário de qualidade, típico de Libertadores. Perdemos pontos em casa, mas o grupo ficou embolado. Teremos que buscar pontos fora na semana que vem”.

Roger ainda falou sobre o cansaço do time, que foi admitido pelos jogadores no final da partida depois de uma sequência de dois jogos pela Libertadores e um Grenal.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Essa maratona de jogos fará com que o técnico use um time reserva para o próximo jogo do Gauchão. Mesmo com os jogadores admitindo o cansaço, Roger disse que não foi um erro colocá-los para jogar nas últimas partidas.

“Não vi o time cansar. O jogo foi intenso, mas para os dois lados. Não quero atribuir o empate ao cansaço. Não tenho nenhum arrependimento. Acho que fiz o certo, adequado para a situação, ponderando os contextos. Agora, preciso recuperar os jogadores para a semana que vem”.