Dudu revela que ignorou médicos e jogou clássico no sacrifício

Dudu começou o clássico contra o Corinthians, deste domingo, no banco de reservas, por opção do técnico Cuca. O camisa 7 tinha se machucado durante derrota para o Red Bull Brasil na semana passada e precisou passar por um tratamento. Na etapa final de partida, o atacante entrou no lugar de Robinho para deixar sua marca e assegurar a vitória do Palmeiras, poucos minutos depois de Fernando Prass defender pênalti de Lucca.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Crédito de imagem: César Greco/Ag.Palmeiras

LEIA TAMBÉM:
Prass revelo DICA para defender pênaltis contra Corinthians e ganha GIF do Palmeiras

Após o jogo, Dudu conversou com os jornalistas ainda no Pacaembu e disse que sua atuação hoje foi fruto de “teimosia” de criança. Segundo o jogador, os médicos tinham estipulado um prazo de mais ou menos três semanas para que se recuperasse da coxa direita.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Briguei com os médicos ao longo da semana para me deixarem jogar. Eles falaram que eram três semanas, 20 dias, e eu voltei em 10”, confessou o camisa 7, que saiu de campo com dores.

“Senti um pouco no fim, mas vamos examinar amanhã para ver se jogo contra o Rosario (Central, na Argentina), pela Libertadores na quarta-feira”, completou Dudu.

Com os três pontos, o Palmeiras vai aos 21 pontos e assume a liderança provisória do Grupo B do Paulistão. No fim de semana que vem, o time de Cuca decide a classificação para a próxima fase em partida contra o Mogi Mirim.