Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Milagre de Buffon deixa Juventus com a mão na taça do Campeonato Italiano

A Juventus caminha tranquila para sagrar-se pela 5ª vez consecutiva campeã italiana. A vitória deste domingo, contra a Fiorentina, teve um sabor especial: Gianluigi Buffon, ídolo bianconeri, pegou um pênalti aos 45 minutos do segundo tempo e evitou o empate da equipe da casa.

Frank William Toogood
Mídias Sociais da AS Roma Brasil, MBA em Gestão Estratégica de Negócios, blogueiro desde 2007 e radialista amador. Escreve sobre futebol italiano, automobilismo e o que aparecer, mas gosta mesmo é de contar boas histórias

Crédito: Crédito da foto: Divulgação / Twitter oficial Seria A Tim

LEIA MAIS
ROMA X NAPOLI: TUDO PELA SEGUNDA POSIÇÃO. CONFIRA OS DETALHES DO CONFRONTO
JOGO ENTRE INTER DE MILÃO X UDINESE TEM 22 JOGADORES EM CAMPO E NEM UM ITALIANO

Jogando no Artemio Franchi, em Florença, a Juve abriu o placar com Mandzukic aos 39’ do primeiro tempo. Pogba ajeitou de cabeça, dentro da área, e o atacante croata bateu de primeira. Azar da Fiorentina, que tinha conseguido construir ao menos três ataques, com Ilicic, Bernardeschi e Badelj e ainda teve um gol mal anulado por impedimento. No fim da primeira etapa, Marcos Alonso perdeu uma chance clara de empatar.

A igualde no placar, porém, chegaria na segunda etapa. O zagueiro Bonucci se enrolou com a bola na entrada da área. Zarate chegou rasgando e a pelota espirrou para os pés de Kalinic, que bateu bonito de fora de área.

2 minutos depois, a Juventus novamente conseguiria a vantagem. Escanteio cobrado no segundo pau; bate rebate dentro da área, até que a bola sobra nos pés de Álvaro Morata, dentro da pequena área e sem goleiro, empurrar pra redes.

Mas o Artemio Franchi ainda veria outra estrela brilhar. O futebol sempre reserva momentos mágicos para as lendas. Aos 45’, pênalti para a Fiorentina. Kalinic cobrou no canto esquerdo e Gianluigi Buffon, um dos maiores goleiros da história da Itália (e certamente um dos grandes ídolos da Juventus), voou para espalmar. No rebote, Bernardeschi chutou e Buffon defendeu novamente.

“Vencemos graças a um jogador que não é humano”, declarou Morata ao final da partida. O técnico da equipe, Massimiliano Allegri, também falou sobre o capitão bianconeri: “Buffon é um verdadeiro talismã do clube. Suas palavras têm grande significado para qualquer membro do time”.

Para a equipe de Buffon (e dos brasileiros Neto, Rubinho, Alex Sandro e Hernanes) garantir matematicamente o 5º Scudetto consecutivo, o Napoli não pode vencer a Roma nesta segunda-feira. Caso isso aconteça, será necessário apenas um empate na próxima rodada, em Turim, contra o Carpi.

VEJA OS GOLS DA PARTIDA E DEFESA MILAGROSA DE BUFFON:

https://www.youtube.com/watch?v=VQ6mtil6s20