Rio 2016: Brasil tem equipe de tiro esportivo definida para Jogos

O time de tiro esportivo brasileiro para os Jogos Olímpicos do Rio está definido. Julio de Almeida ficou com a última vaga da equipe que representará o Brasil nos Jogos. O carioca se classificou para disputar as provas de pistola de ar 10m e 50m. A vaga foi conquistada em evento-teste realizado para Rio 2016, durante a Copa do Mundo de Tiro Esportivo, no Centro Esportivo de Deodoro.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Alaor Filho/ Divulgação / COB

Leia mais:

 Em entrevista, Pelé revela desejo de acender pira olímpica do Rio-2016
 Rio 2016: Brasil vai enfrentar parente de Vasco da Gama
 Histórico: Felipe Wu lidera ranking mundial de tiro esportivo

Julio de Almeida ficou em 26º na pistola de ar 10m e em 30º na pistola livre 50m. Ele foi o brasileiro mais bem colocado na competição e por isso conquistou a vaga no time para as Olimpíadas em agosto.

Com a definição de Julio Almeida e a equipe fechada, o Brasil já tem seus representantes na modalidade, segundo o Comitê Olímpico Brasileiro. Nove atletas voltarão em agosto ao Centro Olímpico de Tiro: três mulheres e seis homens.

 

Confira a seleção brasileira de tiro esportivo para os Jogos Rio 2016:

Cassio Rippel – carabina deitado 50m, carabina de ar 10m e carabina 3 posições
Daniela Carraro – skeet feminino
Emerson Duarte – pistola tiro rápido 25m
Felipe Wu – pistola de ar 10m e pistola 50m
Janice Teixeira – fossa olímpica feminina
Julio Almeida – pistola de ar 10m e pistola 50m
Renato Portella – skeet masculino
Roberto Schmits – fossa olímpica masculina
Rosane Budag – carabina de ar e carabina 3 posições

Dos atletas classificados, Felipe Wu é maior esperança de medalhas para o Brasil, já que é líder do ranking mundial, depois de conquistar a Copa do Mundo na modalidade em março, no tiro com pistola de ar 10m.

O Brasil nunca teve uma equipe tão bem preparada para dar alegrias ao nosso povo, segundo o que nos faz acreditar números alcançados ao longo da preparação olímpica e em agosto vamos torcer para feitos históricos nos Jogos do Rio. A festa está chegando e a tocha já foi acesa.