Visão da arquibancada: ‘novo’ Corinthians não agrada e recebe vaias

Créditos da foto: Viviane Tavares/Torcedores.com

Dez dias após a eliminação da Copa Libertadores da América, Corinthians e Grêmio se enfrentaram na estreia do Campeonato Brasileiro deste ano na Arena Corinthians, em Itaquera.

LEIA MAIS:
APÓS EMPATE, TITE PEDE PACIÊNCIA A TORCIDA E AVISA QUE VAIAS DIFICULTAM A EVOLUÇÃO DO TIME

CORINTIANO XINGA ANDRÉ DURANTE ENTREVISTA AO VIVO E VIRA FEBRE NAS REDES SOCIAIS

Por jogar em casa, os torcedores do Corinthians foram ao estádio pensando encontrar uma equipe diferente do que aquela que foi eliminada há alguns dias. Já se sabia que a escalação seria diferente, bastava saber se em campo o desempenho seria também modificado. Não aconteceu.

Com Balbuena e Walter na defesa, Marquinhos Gabriel no meio campo e Romero no ataque, pareceu por poucos minutos um novo time, só pareceu. Das arquibancadas vi novamente uma equipe perdida e com jogadores rifando a bola que parecia queimar no pé. Uma equipe que parece ter o domínio da partida mas que não consegue chegar ao gol adversário e quando consegue, não finaliza de forma efetiva.

Ao meu ver, algumas coisas boas podem ser pontuadas mesmo com um empate em casa. Marquinhos Gabriel fez uma boa partida e aos poucos vai se encaixar na equipe. Fagner voltou a jogar bem e bolas aéreas apesar de não ter dado certo hoje, podem ser uma boa arma ao ataque corinthiano.

Apesar de não achar que vaias são boas para nenhum atleta, é possível que as de hoje direcionadas a André e Rodriguinho quando foram substituídos, abram os olhos de Tite que apesar de ter defendido seus atletas contra manifestação da torcida, pode repensar a utilização dos dois nesse momento em que o futebol apresentado deixa muito a desejar.

Com as alterações feitas por Tite com Guilherme no lugar de Rodriguinho e Giovanni Augusto na posição de Romero, o Corinthians melhorou e passou a pressionar, mas o Grêmio segurou a pressão e saiu com um ponto que foi mais vantajoso para os gaúchos do que para os paulistas.

O empate por 0x0 com certeza frustrou as 31 mil pessoas que passaram a tarde em Itaquera, pois esperavam mais da equipe alvinegra, mas meu sentimento é que depois da abertura do campeonato organizada pela CBF realizada minutos antes da partida, a atuação dos comandados de Tite deixou de ser a única vergonha da tarde.