Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

7 clubes pequenos que já foram campeões de torneios europeus e você não sabia

Os campeões europeus estão surgindo desde os últimos dias, com a realização nesta semana da decisão da Liga Europa, ganha pelo Sevilla em cima do Liverpool e com a final da Liga dos Campeões a seguir. Então, é hora de relembrar histórias de times que conquistaram títulos do Velho Continente, mas que atualmente não tem o mesmo brilho de outrora, por várias razões.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial do FC Magdeburg

LEIA MAIS

CRIANÇA DE SEIS ANOS DOA TODO SEU DINHEIRO PARA SALVAR FC TWENTE

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Torcedores.com selecionou uma lista de seis times campeões europeus e são desconhecidos da maioria do público brasileiro, focando nas conquistas da Copa da Uefa/Liga Europa e da extinta Recopa. É hora de ‘matar a saudade’ e conhecer alguns destes casos

Magdeburg (Alemanha Oriental, Recopa 1973/74)

Único time da ex-Alemanha Oriental a vencer uma Copa europeia, a equipe da cidade de Magdeburgo teve seu auge nos anos 70, quando chegou ao ápice de vencer a Recopa, que era a competição para onde iam os campeões das copas domésticas. O time, atualmente na terceira divisão alemã, eliminou NAC Breda (HOL), Banik Ostrava (TCH), Beroe Stara Zagora (BUL) e Sporting (POR) antes de desbancar o Milan na final, por 2 a 0.

Ipswich Town (Copa da UEFA, 1980/81)

Hoje ocupando modestos postos na Championship, a segunda divisão da Inglaterra, o Ipswich chegou a figurar durante anos na primeira divisão e também tem em seu currículo a conquista da Copa da Uefa, derrotando em dois jogos o AZ, da Holanda, em uma campanha que incluiu eliminar o Aris Salônica (GRE), Bohemians (TCH), Widzew Lodz (POL), Saint-Étienne (FRA) e Colônia (ALE) antes da decisão.

Steaua Bucareste (Copa dos Campeões, 1985/86)

O feito do Steaua comemorou seu 30º aniversário neste mês de maio. A primeira conquista de um time do Leste Europeu da competição e ainda em cima de uma das equipes mais poderosas do continente, o Barcelona, nas cobranças de pênalti.

Para vencer o Barça, o Steaua teve que passar por Vejle (DIN), Honvéd (HUN), FC Kuusysi (FIN) e Anderlecht antes de chegar à épica final.

Dinamo Tbilisi (Recopa 1980/81)

A Rússia não produziu nenhum campeão europeu enquanto a União Soviética existiu. Coube a dois Dínamos, o de KIev (Ucrânia) e de Tbilisi (Geórgia) levar as taças para a URSS, ambas através da Recopa.

O de Tbilisi é o mais desconhecido dos dois, mas é o principal representante de seu país na competição europeia. Na temporada em que se sagrou campeão da ‘Taça das Taças’, eliminou Kastoria (GRE), Waterford (IRL), West Ham e Feyenoord antes de derrotar na decisão outra equipe do bloco comunista, o Carl Zeiss Jena (Ale.Or).

Nottingham Forest (Copa dos Campeões, 1978/79 e 1979/80)

Um time sem muita pompa ganhar uma vez é algo impressionante. Duas vezes, e ainda consecutivas, é um feito que só o Nottingham Forest, hoje também na Championship fez. Sob o comando do legendário Brian Clough, o Forest foi a duas finais seguidas e venceu ambas!

Na primeira participação, Liverpool, AEK (GRE), Grasshopper (SUI), Colônia foram as vítimas do time da terra de Robin Hood antes de vencer o Malmö (SUE) na final. Na temporada seguinte, Östers (SUE), Arges Pitesti (ROM), Dynamo Berlim (Ale. Or.) e Ajax foram os adversários vencidos pelo Forest, que bateu na decisão o Hamburgo.

KV Mechelen (Recopa 1987/88)

O time da cidade belga de Mechlen (Malines em francês), já deu muitas voltas entre a primeira e segunda divisões locais, mas também colocou seu nome no rol de campeões do futebol europeu. Guiado por um dos melhores goleiros da história, Michel Preud’Homme, o time belga encarou Dinamo Bucareste, St. Mirren (ESC), Dinamo Minsk (URSS) e Atalanta antes de destronar o Ajax de Bergkamp, Blind, Bosman e Witschge para conquistar a taça.

Aberdeen (Recopa 1982/83)

Três times escoceses possuem títulos de copas européias: os tradicionais Celtic e Rangers e o Aberdeen, cujo triunfo na Recopa teve no comando um ainda desconhecido para o público internacional Alex Ferguson. Sim, AQUELE Alex Ferguson.

Sir Alex guiou o Aberdeen na competição passando por Sion (SUI), Dinamo Tirana (ALB), Lech Poznan (POL), Bayern de Munique e Waterschei (BEL) antes de vencer o todo-poderoso Real Madrid na decisão. Dali para frente, só sucesso para Ferguson, só que em outro time da camisa vermelha.

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial do FC Magdeburg)