Marquinhos Gabriel elogia Dorival Júnior, mas diz: “A tática do Tite é mais pronta e moderna”

Crédito da foto: Reprodução/Facebook do Sport Clube Corinthians

Na noite desta segunda-feira (16), Marquinhos Gabriel esteve no programa Boa Noite Fox, do canal Fox Sports, para falar da chegada ao Timão. Dentre os assuntos debatidos, o meio-campista foi questionado sobre a diferença entre Tite e Dorival Júnior, e não titubeou em afirmar que o técnico alvinegro está acima do comandante santista.

Leia mais:
GIOVANNI AUGUSTO SAI EM DEFESA DO ESQUEMA 4-1-4-1 DE TITE: “EU CONFIO NELE”
APÓS EMPATE, TITE PEDE PACIÊNCIA A TORCIDA E AVISA QUE VAIAS DIFICULTAM A EVOLUÇÃO DO TIME
CORINTIANO XINGA ANDRÉ DURANTE ENTREVISTA AO VIVO E VIRA FEBRE NAS REDES SOCIAIS

Questionado sobre a diferença do futebol praticado por Corinthians e Santos, Marquinhos destacou que Tite monta a equipe alvinegra com vários táticas de origem européia.

— Me sento melhor no Corinthians porque acredito que é uma equipe bem formada. O professor tem uma filosofia de trabalho que é bastante européia [em termos] de posicionamento, movimentação e marcação. Então, acho que é o futebol mais pronto do Brasil. Ano passado, [no Santos], a gente tinha muita liberdade pra trabalhar no setor de meio de campo e liberdade pra girar com o Lucas Lima e o Gabriel. No Corinthians tem um trabalho de função importantíssima que prega a marcação por setor. Claro, eu tenho que marcar o lateral e, às vezes, fechar no meio de campo. Acredito que a tática do Tite é mais pronta e moderna.

Para exemplificar a diferença entre Tite e Dorival, o meia lembrou que o treinador do peixe é adepto do futebol em alta velocidade.

— O Dorival [monta seus times] mais pelas características do clube. O futebol do Santos é muito leve, a gente tinha liberdade pra girar e chegava muito rápido ao ataque. Era um treinamento em que eu fechava pelo meio e já tinha o Gabriel para fazer os lançamentos [nos contra-ataques]. Então, são diferentes escolas. O Tite fez estágio na Europa, o Dorival também, mas são escolas diferentes.

Sem dar prazo a torcida corintiana, Marquinhos avisa que a evolução do futebol do time é questão de tempo.
— Espero que a gente comece a evoluir na próxima rodada. Claro, é gradativo essa evolução, mas a gente espera ganhar os três pontos e, consequentemente, buscar o topo.

Clique aqui e assista ao vídeo da entrevista do jogador.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.