Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Palmeiras: Agora entendemos a aposentadoria de Zé Roberto

No início do ano, o lateral e meia Zé Roberto, de 41 anos, anunciou, em entrevista coletiva, que se aposentaria no fim de 2016. Até então, o anúncio pela idade não seria uma novidade, mas fato é que mesmo assim, o veterano vinha jogando muita bola com a camisa da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Caique Cobra
Caique Cobra é um jovem recém-formado em jornalismo pela FIAM FAAM que almeja atuar em uma grande empresa voltada ao mundo esportivo. Ele não esconde sua paixão em produzir conteúdo, principalmente, em seu blog pessoal. Seus textos são embasados por dentro de: análises, críticas e opiniões com um olhar meramente desmistificado.

Crédito: Foto: Getty Images

Leia mais:
“Quem disse que mulher não entende de futebol?”, veja entrevista exclusiva com sócia Avanti
Allianz Parque: 4 motivos explicam o baixo desempenho do Palmeiras
Palmeiras: veja quem está devendo no ataque alviverde
Opinião: Somos todos Osasco Audax

Zé Roberto foi considerado o melhor jogador da posição no Paulistão 2015, além disso, foi peça-chave no título da Copa do Brasil do ano passado, porém, bastou iniciar essa temporada para o veterano deixar a desejar e virar motivo de insatisfação por boa parte da torcida e também da comissão técnica.

Atuando como lateral-esquerdo, ele provou que suas pernas não acompanham mais o ritmo da molecada. Como meia, continuou sendo um jogador técnico, mas pouco efetivo em comparação à 2015. Zé Roberto é uma exceção no futebol.

Um jogador que sempre se cuidou e que tem um currículo invejável, entretanto, o seu corpo pede arrego. Muitas das vezes, o jogador não é nem mais relacionado para os jogos do Verdão porque está no departamento médico do clube.

Se é relacionado para as partidas do clube, o veterano fica maior parte delas no banco de reservas apenas observando a molecada jogar. Até o momento, o jogador atuou pelo Palmeiras em 67 jogos e marcou sete gols.

Zé Roberto, você é grande como o Palmeiras e agora entendemos o motivo da sua aposentadoria. Heróis não são aqueles que vencem sempre, mas aqueles que sabem perder. E você perdeu para o seu corpo, mas ganhou a admiração do torcedor palmeirense enquanto honrou a camisa da Sociedade Esportiva Palmeiras.