Bauza comemora vitória Tricolor, exalta coletivo da equipe e pede calma com Lucas Fernandes

São Paulo
Crédito de imagem: Reprodução/Facebook do São Paulo

O São Paulo viajou ao Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo com uma equipe mista e venceu a equipe carioca por 1 a 0, gol de falta do jovem Lucas Fernandes. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Edgardo Bauza fez elogios ao empenho da equipe reserva no duelo contra a equipe vice-campeão, pediu calma com Lucas e reclamou do gol anulado de Centurión.

Veja mais:
MESMO COM TIME RESERVA, SÃO PAULO VENCE O BOTAFOGO EM ESTREIA NO BRASILEIRÃO
BOTAFOGO 0 X 1 SÃO PAULO: ASSISTA AO GOL DA VITÓRIA TRICOLOR

O treinador destacou que a vitória da equipe reserva é um prêmio para a dedicação nos treinos. “Eles estão trabalhando com os outros atletas e aproveitaram a oportunidade de hoje. Armei a equipe para ganhar, não viemos competir. A partida foi difícil desde o começo, sabíamos que o adversário iria pressionar, mas creio que durante os 90 minutos quase não tiveram chances de gol. Defensivamente, a equipe foi muito boa. Ganhamos uma partida que é um prêmio para os garotos. Eu me alegro por eles”.

Bauza aponta que a vitória fora de casa será um diferencia na sequência da competição. “Os três pontos realmente foi muito bom. Vamos falar bastante disso depois que passarem as rodadas. É um time que trabalhamos apenas três dias. Realmente, estou muito contente com o resultado”.

O resultado positivo é fruto do empenho coletivo da equipe. “Prefiro falar da equipe. O time todo teve entrega total. Correram muito para obstruir a equipe do Botafogo, que tentou o gol por todos os lados e terminou jogando quase com quatro ou cinco atacantes. Seria injusto nomear um”, destacou o técnico.

O gol de Lucas Fernandes já está rendendo pedidos de titularidade ao jovem, mas o técnico pede calma com a revelação Tricolor. “Creio que aos poucos vai se transformando num jogador cada dia mais importante para o time. É jovem, estamos cuidando para colocá-lo aos poucos, mas uma partida como a de hoje reafirma tudo que ele vem fazendo e tudo o que pedimos para ele. Para mim não foi uma grande partida dele, houve outros jogos em que foi melhor, mas isso é o mais importante: o gol e a participação”.

.

 



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.