Opinião: Brasil ainda é o país do futebol

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook Oficial da Uefa Champions League

Brasil ainda é o país do futebol. A alegria, ousadia, ginga e habilidade do brasileiro não morreram. Elas existem aos montes por todo canto e não estão sendo vistas, garimpadas, valorizadas.

LEIA MAIS:
Opinião: Ronaldo foi um jogador aquém de seu talento

Vontade também é grande em busca de um sonho e reconhecimento, porém quem deveria apoiar, investir e transformar caminha pelo lado oposto. Avistam jogadores e brilham seus olhos já pensando em dinheiro e não no talento que possuem, já começa errado, desde o princípio.

Há escolas de times europeus dentro do nosso país formando nossas riquezas em categorias de base e ganhando simpatia e até torcida. Eles não são melhores, são mais organizados e podem possuir a fortuna que for, isso não é fator determinante para o sucesso, basta reparar no atual campeão inglês Leicester City.

Algo deve mudar, essas lideranças e cabeças do futebol estão liquidando com a graça do espetáculo, o campo e a bola estão ficando em segundo plano e quem mantém tudo isso vivo é a torcida, que anda enojada com valores de ingressos elevados e jogadores omissos, covardes e recebendo salários fora da realidade e estádios novos e modernos estão ficando frios, vazios e desertos.

Anda tudo muito repetitivo, quase insuportável, perguntas e respostas idiotas e forçadas em entrevistas, nos noticiários, enfim, muita palhaçada, história e montagem e pouco futebol, pouco futebol. E aí entra tudo e todos que estão envolvidos, inclusive jornalistas que não são capazes de escrever, debater e questionar assuntos saudáveis e evolutivos para o tão respeitado e amado futebol.

Eu ainda acredito na melhora, e você? Se sim faça algo pelo bem ou, quem vai dominar é o mal…