Em programa, Sonnen conta como convenceu Wand a não deixar o ‘TUF’

Chael Sonnen está de volta. Pelo menos em uma de suas artes favoritas, que é a de falar o que lhe der na telha. O lutador, ainda suspenso do UFC por ter sido pego em teste antidoping, foi ao programa MMA Hour, do jornalista Ariel Helwani e fez várias revelações. Inclusive a de como fez com que Wanderlei Silva não abandonasse as gravações do ‘The Ultimate Fighter Brasil 3’, no qual os dois eram os treinadores rivais.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial Chael Sonnen

LEIA MAIS

CONOR MCGREGOR PELADO EM REVISTA? ENTENDA O MOTIVO!

O falastrão relembrou que, na época, Wanderlei quis abandonar o show no começo e Sonnen tentou convencê-lo do contrário, inclusive dizendo que deixaria o brasileiro ser o ‘mocinho’ e ele próprio assumir o papel de ‘vilão’, em referência às várias declarações polêmicas do lutador, inclusive sobre o Brasil e seus lutadores.

Com a recusa do ‘Cachorro Louco’ a ficar no programa, Sonnen afirmou que buscou um jeito ‘inusitado’ de tentar manter o brasileiro no programa: mostrando sua conta bancária a Wanderlei Silva.

“(Wand) ficava falando de espírito esportivo e honra e disse a ele ‘cara, isso não é liga infantil de beisebol. Pegue tudo isso que seu treinador ensinou ou viu em um biscoitinho da sorte e enfie no seu c*, porque eu não ligo para isso e aqui o negócio é ganhar aplausos e receber um cheque, não tem nada de esportividade”, disse Sonnen segundo o Combate.

“Aí o Wanderlei começou a me dizer o que fazer e eu o disse para parar. Disse a ele que eu era o lutador mais bem pago da história e o maior nome, e que eu é que deveria dar conselhos a ele e não a mim. E aí vem a parte que eu fui um babaca. Peguei meu telefone e entrei no aplicativo do meu banco. Acessei a minha conta e mostrei a ele o meu saldo. Ele me olhou e eu disse ‘você acha que pode me dar conselhos ou prefere pegar uma carona e deixar que eu toque o barco?’ A expressão dele mudou na hora. Não posso dizer que ele concordou comigo na hora, mas a confusão acabou ali. Sei que fui um babaca, mas era o jeito de acabar com aquilo tudo”, finalizou.

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial Chael Sonnen)