Escola para Paulão: veja 5 zagueiros especialistas em pênaltis

Paulão pode tirar algumas anotações destes jogadores
Crédito da foto: Reprodução/Youtube

O Internacional poderia ter vencido a Chapecoense na rodada inaugural do Brasileirão caso o zagueiro Paulão tivesse convertido um pênalti aos 18 minutos da segunda etapa. O goleiro Danilo defendeu e a partida terminou 0 a 0. Para contrariar os empates sem gols, o Torcedores.com traz uma lista com cinco defensores especialistas na cobrança pênaltis.


LEIA MAIS:
PAULÃO É O 8° JOGADOR DO INTER A PERDER PÊNALTI NO ANO; VEJA A LISTA
NAS REDES SOCIAIS, COLORADOS FICAM NA BRONCA POR PAULÃO TER BATIDO O PÊNALTI

Fernando Hierro
O antigo capitão do Real Madrid e da seleção espanhola não só era sólido na zaga, mas também sabia marcar gols, principalmente de bola parada. Entre 1994 e 2003, Hierro cobrou 35 pênaltis e errou somente duas vezes (em 1999 contra o Rosenborg, na Champions League, e em 2000 contra o Osasuna, no Campeonato Espanhol).

Chicão
Outro jogador que se destacou tanto na cobrança de faltas quanto de pênaltis foi Chicão, único compatriota de Paulão na lista. O antigo zagueiro de Corinthians e Flamengo era o batedor oficial e continua sendo letal na marca da cal. Hoje na Índia, converteu o único pênalti que cobrou com a camisa do Delhi Dynamos.

Daniel Passarella
O antigo jogador do River Plate e treinador do Corinthians entre 2005 e 2006 gostava de marcar gols, principalmente de falta, mas também deixou alguns da marca de 11 metros. Um exemplo disso é a cobrança no amistoso entre Argentina e Inglaterra (aos 6 minutos do vídeo abaixo).

Andreas Brehme
O ex-zagueiro do Bayern de Munique e da Inter de Milão foi decisivo para o título mundial da Alemanha sobre a Argentina. Especialista em pênaltis, coube a ele a responsabilidade de tentar bater o goleiro Sergio Goycochea a cinco minutos do apito final e Brehme não desapontou. Balançou as redes e se sagrou campeão do mundo em 1990.

Ronald Koeman
O holandês foi um dos maiores cobradores de faltas e pênaltis da história. Koeman jogou pelo Groningen, Ajax, PSV, Barcelona, Feyenoord e claro, pela seleção holandesa. Marcou 131 gols ao longo de sua carreira e 70 deles foram de pênalti. A única ocasião em que o zagueiro errou um pênalti foi no dia 2 de outubro de 1983, no empate a um gol contra o Groningen, sua antiga equipe.

Crédito da foto: Reprodução/Youtube