Fagner pede paciência e fim das vaias da torcida do Corinthians

Crédito da foto: Reprodução/Facebook do Sport Club Corinthians

Em entrevista após o empate sem gols contra o Grêmio, na Arena Corinthians, pela estreia do Brasileirão, Fagner pediu calma a torcida, avisou que não está em negociação com nenhum clube e disse que o time vai melhorar.

Veja mais:
RODRIGUINHO JOGA MAL CONTRA O GRÊMIO E TORCIDA CORINTIANA NÃO O PERDOA NO TWITTER
APÓS EMPATE, TITE PEDE PACIÊNCIA A TORCIDA E AVISA QUE VAIAS DIFICULTAM A EVOLUÇÃO DO TIME
CORINTIANO XINGA ANDRÉ DURANTE ENTREVISTA AO VIVO E VIRA FEBRE NAS REDES SOCIAIS

O empate com o time gaúcho escancarou a falta de pontaria da equipe na frente do gol. “Tem muita coisa que precisa ser ajustada. Agora é ter calma e paciência que esse crescimento vai chegar na hora certa”, declarou o lateral alvinegro.

Em meio aos boatos de desmanche no Corinthians, Fagner avisa que para ele não chegou nada. “Pra mim, não tem nada. O dia que tiver algo todo mundo vai saber. A minha cabeça está focada em jogar futebol, estar no Corinthians e representar bem a camisa”.

As vaias a Rodriguinho, André e Bruno Henrique causaram desconforto no elenco alvinegro. “A gente fica triste. Não queremos que isso aconteça com ninguém e pedimos um pouco de paciência.  Estamos tentando fazer o melhor pelo Corinthians e tem dias que não fluem. É ter um pouco de calma e estar com a gente, estamos precisando deles. Nós esperamos que no próximo jogo em casa todo mundo possa ser ajudado pela torcida” disse o atleta.

 



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.