Frank de Boer se demite do cargo de tecnico do Ajax

Após cinco anos no comando e conquistando quatro títulos consecutivos, o ex-jogador e atual ex-técnico do Ajax, Frank de Boer, anunciou nesta quinta-feira, sua saída da equipe de Amsterdã.

LEIA MAIS: MERCADO DA BOLA: BARCELONA CONTRATA “OUTRO” SUÁREZ, SEGUNDO JORNAL

SEGUNDO JORNAL, EMPRESÁRIOS CHINESES DEVEM COMPRAR ASTON VILLA

Até então líder do Campeonato Holandês, o Ajax perdeu um dos títulos mais fáceis de sua história, e a equipe comandada por Frank de Boer, precisava de apenas uma vitória simples sobre o penúltimo colocado De Graafschap, para sagra-se campeão. Porém, a equipe não saiu do empate por 1 a 1 com a modesta equipe holandesa, e o vice-líder da competição o PSV Eindhoven, venceu o seu jogo por 3 a 1 sobre o PEC Zwolle e assim garantindo o título com dois pontos de diferença (84 a 82).

“Depois de quatro títulos consecutivos, perdemos em 2014/15, na qual foi uma enorme decepção, e então queríamos corrigir isso nesta temporada. Fizemos de tudo, mas no final o que esperávamos e desejávamos não aconteceu”, salientou o treinador em sua despedida.

O comunicado foi publicado na página oficial do clube, que confirmou a saída de Frank de Boer, após uma reunião com a direção. A decisão foi do próprio treinador do Ajax que achou ser o melhor momento para isto acontecer, tanto para ele quanto para o clube.

“Eu comecei a perceber mais que era o momento para outra coisa. Isso é melhor para mim, e eu penso que também para o Ajax”, disse De Boer, que atuou de 1988 a 1999 no clube de Amsterdã e assumiu como técnico da equipe principal em dezembro de 2010, conquistando por quatro vezes a Eredivisie (de 2011 a 2014).

“O que eu farei, ainda não sei. Um ano sem treinar um clube é uma opção, verei o que aparece no meu caminho. Eu levarei todas as lindas memórias, com ganhar a liga pela 30ª vez como melhor momento absoluto. Onde quer que eu esteja, continuarei seguindo de perto. Ajax é meu clube e sempre será”, declarou.

“Nós lamentamos por ele estar saindo, mas quando ele reportou sua decisão, nós terminamos seu contrato por acordo mútuo. Quando você vê tudo o que ele ganhou, mas também ver como ele sempre teve um olho para os nossos jovens talentos, ele merece tudo isso”, disse o diretor esportivo, e também ex-jogador Edwin Van der Sar.

Foto: Getty Images.



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.