Galvão dispara cornetadas sobre caso do visto de Gabriel Jesus; veja o que ele disse

A corneta de Galvão Bueno continua afinada e afiada. Durante o amistoso de preparação para a Copa América Centenário, no qual o Brasil venceu o Panamá por 2 a 0, o narrador da TV Globo não deixou de criticar a desorganização da CBF, do Palmeiras e do jogador, lembrando o recente caso da falta de visto no passaporte do atacante Gabriel Jesus, do Palmeiras.

Frank William Toogood
Mídias Sociais da AS Roma Brasil, MBA em Gestão Estratégica de Negócios, blogueiro desde 2007 e radialista amador. Escreve sobre futebol italiano, automobilismo e o que aparecer, mas gosta mesmo é de contar boas histórias

Crédito: Crédito da foto: Reprodução / SporTV

LEIA MAIS
SEM ESFORÇO, BRASIL VENCE PANAMÁ EM AMISTOSO ANTES DA COPA AMÉRICA CENTENÁRIO

“Como é que um jogador tá na lista dos 40 e não tem visto para ir pros Estados Unidos? Aí é falha da CBF, falha do Palmeiras, falha pessoal do profissional, falha de todo mundo”, criticou Galvão.

O jogador de apenas 19 anos foi incluído na obrigatória pré-lista de convocados para a Copa América Centenário, mas inicialmente ficou fora do grupo que viajou para os Estados Unidos. Quando Douglas Costa, do Bayern de Munique, foi cortado por lesão, o atacante palmeirense era umas das opções para substituí-lo.

“Infelizmente, outros poderiam estar aqui e não estão porque não tinham documentação”, disse Dunga em entrevista coletiva no último sábado (28). Na oportunidade, o técnico da seleção não apontou Gabriel Jesus como alvo da crítica, mas os desdobramentos do caso “denunciaram” o atacante.

A assessoria de imprensa do clube informou os jornalistas que o visto foi providenciado na terça-feira (30), deixando-o finalmente apto a viajar para disputar a competição continental.