Hope Solo anuncia que irá jogar Rio-2016 apesar do zika vírus

O zika vírus, doença transmitida pelo mesmo mosquito transmissor da dengue (o Aedes aegypti), se tornou uma das maiores preocupações para atletas estrangeiros nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A goleira da seleção feminina de futebol dos Estados Unidos, Hope Solo, disse em entrevista à rede de TV norte-americana NBC, que irá jogar no Rio-2016 mesmo com a ameaça do zika.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial da US Soccer

LEIA MAIS

FPF SUSPENDE YAGO POR 30 DIAS

JOGOS OLÍMPICOS: CONHEÇA O TIRO ESPORTIVO

HÁ UMA NOVA GERAÇÃO DE TÉCNICOS NO BRASIL: VEJA QUEM ESTÁ NESSA LISTA

MEMÓRIA: TV JOVEM PAN TINHA MILTON LEITE E MILTON NEVES COMO NARRADORES NOS ANOS 90

“Acho que nenhum atleta deve ser forçado a ficar na posição de decidir entre o sonho olímpico e a própria saúde. Mas estou muito empolgada com a Olimpíada. Sou uma competidora e estou sempre disposta a quebrar recordes. Nunca uma seleção conseguiu de forma consecutiva um Mundial e uma Olimpíada e vou atrás disso”, disse a goleira segundo o Uol Esporte.

Em fevereiro último, Hope Solo afirmou que o zika vírus poderia impedir que ela participasse do Jogos Olímpicos do Rio-2016, mas que nos últimos meses tem conseguido informações sobre a doença com médicos e outras fontes.

“Estou totalmente por dentro do que está acontecendo e sei quais são os riscos. Vou tomar todas as precauções. Nem sei se vou deixar o hotel fora do horário de treinos e dos jogos”, declarou.

No torneio de futebol feminino do Rio-2016, os Estados Unidos estão no Grupo G, ao lado de Nova Zelândia, França e Colômbia. A estreia da seleção feminina dos EUA será no dia 3 de agosto, em Belo Horizonte, contra as neo-zelandesas.

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial da US Soccer)