Muricy Ramalho recebe alta, mas desfalcará o Flamengo por dois jogos

Muricy Ramalho recebeu alta do Hospital Samaritano, zona sul do Rio de Janeiro, na tarde desta quarta-feira. Chefe do departamento médico do Flamengo, Márcio Tannure divulgou o boletim do estado de saúde do técnico rubro-negro, que agora vai a São Paulo para fazer uma consulta com o seu médico particular, responsável por cuidar do problema cardíaco do treinador. O comandante sofreu uma arritmia cardíaca na última terça-feira e teve que ser internado.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Gilvan de Souza

LEIA TAMBÉM:
Flamengo x Fortaleza: veja provável escalação do Rubro-Negro na Copa do Brasil
Podendo substituir Guerrero, Felipe Vizeu posta mensagem nas redes sociais pronto para jogar
Mercado da bola 2016: Flamengo pode levar “chapéu” do Lyon e perde zagueiro Juninho

“Muricy está tendo alta hoje. Está bem, passa bem. Encontra-se com ritmo cardíaco normal. Ele vai ser reavaliado pelo médico dele, doutor Bernardino, que o acompanhou desde o início junto com o doutor Fernando Bassan aqui do Hospital Samaritano. Após essa avaliação, o doutor Bernardino, que foi quem o atendeu em São Paulo, passará a conduta para a gente sobre quando ele pode voltar a trabalhar normalmente. Esperamos que seja o mais rápido possível, mas estamos aguardando essa ida dele a São Paulo e a resposta do médico pessoal dele”, comunicou Tannure.

No jogo contra o Fortaleza pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, o interino Jayme de Almeida assume o comando à beira do gramado. Muricy assistirá à partida de casa. De acordo com o UOL Esporte, membros da diretoria do Flamengo acreditavam que o comandante voltaria aos treinos a partir da próxima segunda-feira, dia 23. A informação foi confirmada pela esposa do treinador, Roseli.

“Ele está bem. Virá para São Paulo para passar no médico dele e voltará ao trabalho na próxima segunda feira. Foi arritmia de novo. Ele não contou nada. Deu arritmia e o levaram para o hospital, mas está tudo bem”, disse à reportagem.

Por isso, Muricy também não deve dirigir o Flamengo no próximo domingo em partida contra o Grêmio, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro.

Em setembro de 2014, Muricy se sentiu mal durante treino do São Paulo e ficou internado por quatro dias. Um ano antes, quando dirigia o Santos, o técnico de 60 anos enfrentou um quadro de diverticulite e também ficou em observação.