Muricy revela que entrada de Everton fez o Flamengo voltar ao esquema 4-4-2

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo estreou no Campeonato Brasileiro com vitória diante do Sport por 1 a 0, com gol do meia-atacante Everton. Após a partida, o técnico Muricy Ramalho confirmou que a entrada do jogador mudou a forma que a equipe vinha atuando nos últimos jogos.

LEIA MAIS:
Rodrigo Caetano confirma consulta do Grêmio e de mais dois clubes por Wallace
Muricy explica as poucas oportunidades para os ‘garotos’ campeões da Copinha
Vice de futebol do Grêmio fala sobre interesse no zagueiro Wallace do Flamengo
Mercado da bola: Diretor do Coritiba admite negociação com o Flamengo por Juninho
Mercado da bola: Muricy confirma que aprovou o nome do zagueiro Cléber, do Hamburgo
Guerrero descarta sair do Flamengo e revela objetivo de ganhar tudo pelo clube 
Elias teria contado a amigos que não fica no Corinthians
Confira 5 jogadores que podem sair do Flamengo antes do Brasileirão
Flamengo avança em negociações e tem semana decisiva para contratação de zagueiros
Rodrigo Caetano fala da possibilidade do Flamengo vender Adryan para o Nantes
Mercado da bola 2016: Flamengo tem a concorrência do Boca Jr por Polenta
Empresário não garante permanência de Sheik no Flamengo
Diretor do Flamengo comenta de interesse do São Paulo em Paulo Victor

 

– O Everton treinou bem durante a semana. Claro que a gente não sabia até onde ia aguentar. Mas fez bem os dois lados e o meio. Tivemos que mudar o esquema. Jogamos com duas linhas de quatro no meio, com Guerrero e Sheik na frente.

O comandante do Fla disse que o time muda de esquema durante a partida e a variação vem de acordo com o que está acontecendo dentro do jogo.

– Gosto de ter outra forma, mas treinada para não mexer muito na maneira de jogar. Treinamos essas duas formas. Hoje começamos com duas linhas de quatro. Começou dando certo. Sheik confundiu a marcação. Depois começaram a dominar e voltamos no 4-1, porque o Diego estava flutuando nas costas do volante. Cuéllar encostou nele, dividiu marcação com o volante. Rithely estava sozinho, não sofreu de novo. Tem que ter essa variação. Se espera para o vestiário para fazer a mudança. É perigoso, coisa treinada. Não dá para fazer sem treino.

Muricy também comentou da entrada de Ederson em uma função diferente. O camisa 10 substituiu Guerrero e atuou como um “falso” centroavante.

– Joga (Ederson) em todos os lados, esquerdo ou direito. Guerrero estava a ponto de ser expulso. A gente sabe como é. Cada vez que ele perde a bola… Não posso perder um jogador desse nível. Conversei com o Ederson há um tempo. Guerrero deve ficar afastado por causa da Copa América. No início da carreira, jogou nessa posição. Não é de força, mas tem mobilidade, inteligência e cabeceia bem. Tem fundamentos para estar ali. Quando Guerrero não estiver, ele vai jogar ali.

O treinador Rubro-negro falou ainda sobre o afastamento de Wallace e a estreia do menino Léo Duarte. Veja aqui: Muricy explica as poucas oportunidades para os ‘garotos’ campeões da Copinha.

Em relação a afastamento de Wallace, Rodrigo Caetano confirmou ainda a consulta do Grêmio e de mais dois clubes interessados em contratar o zagueiro do Flamengo (veja a acessando o link).

Se Wallace está de saída, outros zagueiros devem pintar na Gávea. O Diretor do Coritiba admitiu negociação com o Flamengo por Juninho (veja acessando o link). Além disso, Muricy confirmou que aprovou o nome do zagueiro Cléber, do Hamburgo.

Durante essa semana, o Flamengo avançou na negociação para ter zagueiro o Cleber (veja os detalhes acessando o link), mas a saída do diretor de futebol do clube alemão, travou a negociação. O rubro-negro insiste no negócio.

 

Everton marcou o gol do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Everton marcou o gol do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza/Flamengo