Pivô do OKC, Steven Adams, pede desculpas após declarações racistas

Após o embate entre Golden State Warriors e Oklahoma City Thunder, no primeiro jogo das finais da Conferência Oeste da NBA, realizado nesta segunda-feira (16). O pivô do OKC, Steven Adams, resolveu pedir desculpas, depois de chamar a dupla do Warriors, conhecida como “Splash Brothers”, Klay Thompson e Stephen Curry, de “macaquinhos rápidos”.

LEIA MAIS: THUNDER VENCE WARRIORS COM UMA ATUAÇÃO MAGNIFICA DE RUSSELL WESTBROOK

ZIKA VÍRUS E H1N1 PREOCUPAM NBA PARA O RIO-2016

A repercussão de sua declaração, foi maior do que até mesmo a vitória do Thunder de 108 a 102 sobre o Warriors, e algumas horas depois, o neozelandês, percebeu tamanha “besteira” que cometeu e resolveu falar a respeito. “Eu não estava pensando direito”, comentou o pivô de 22 anos do OKC, para o USA Today Sports. “Não sabia que iria magoar alguém, mas estou realmente arrependido. Eu só estava tentando mostrar como é difícil correr atrás desses ‘caras’.

O camisa 12 do Thunder, ainda concordou com as críticas recebidas nas redes sócias, e classificou sua fala como “uma escolha errada de palavras” e que em seu país, a frase não causaria tamanha proporção na mídia, como aconteceu nos Estados Unidos, e que se tivesse analisado melhor na hora em que falou, não haveria dito desta forma.

Steven Adams se mudou para os Estados Unidos em 2012, ainda muito jovem e com apenas 18 anos, para defender a Universidade de Pittsburgh. Após um bom início nas ligas universitárias, despertou o interesse do Oklahoma City Thunder, que no draft de 2013, levou o jogador.

Ainda tentando se desculpar e explicar o mau emprego das palavras, ele mencionou as diferenças nas maneiras de se expressar de cada país.

“É diferente. Palavras diferentes, expressões diferentes e esse tipo de coisa. Mas elas podem ser vistas de outra forma, dependendo do país em que você está. Ainda estou assimilando (as diferenças). Tentando descobrir os limites, mas definitivamente passei deles hoje”, completou Adams.

No confronto desta segunda-feira, Adams foi um dos principais jogadores, para a vitória do OKC com 16 pontos e 12 rebotes em 37 minutos de quadra. A partida volta acontecer, nesta quarta-feira (18), às 22h00 do horário de Brasília, quando Thunder volta a visitar o Golden State Warriors, em Oakland.

Credito da Foto: Getty Images.



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.