Sem Brasileirão, Band patina na audiência; Globo se beneficia

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O pontapé inicial do Brasileirão 2016 foi dado no final de semana e pela primeira vez desde 2006 não teve transmissão da Band, que desistiu do principal campeonato de futebol do país. Sem o evento, a emissora paulista teve queda abrupta de audiência no domingo. Por outro lado, a Globo se deu muito bem ao ter a exclusividade na TV aberta.

LEIA MAIS:
Marcelinho Carioca revela mágoa com a saída do Flamengo: “Saí p..da vida”
Narrador dá corte em repórter no SporTV e gera revolta dos torcedores na web

De acordo com o site Máquina do Esporte, o duelo entre Corinthians x Grêmio rendeu à Globo 22 pontos de média, com participação de 42% das televisões ligadas. Na primeira rodada de 2015, o canal dos Marinho tinha registrado 18 pontos contra 5 da Band.

Sem o futebol em 2016, a Band optou por exibir “Os Simpsons”. O desenho rendeu apenas um ponto de média no Ibope. Para se ter uma ideia, nenhuma partida do Brasileirão 2015 havia registrando índice inferior a três pontos.

No Rio de Janeiro, os números não tiveram mudanças significativas. América-MG x Fluminense marcou 19 pontos para a Globo, índice idêntico a São Paulo x Flamengo pelo Brasileirão 2015. Na época, a Band registrou 2 pontos de média. Com Simpsons no último domingo, deu 1 ponto.

Cada ponto no Ibope equivale a 67.113 domicílios sintonizados em São Paulo e 42.292 no Rio de Janeiro, ambos apenas nas regiões metropolitanas, referências para o mercado publicitário.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)