Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Terceiro melhor jogador do mundo, brasileiro comenta fase de sua equipe e o futuro na Seleção Brasileira

Os bastidores do futsal foram bastante movimentados na última semana quando ocorreu o anúncio dos melhores do mundo na modalidade. A surpresa ficou por conta do brasileiro Gadeia, ala da ADC Intelli, de Orlândia, que ficou com o terceiro lugar, atrás do português Ricardinho e do espanhol Miguelín. O atleta já havia sido indicado no ano anterior, entre os dez melhores, porém não chegou entre os três primeiros na decisão final.

Tamiris Dinamarco
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Andre Montejano

LEIA MAIS:
“O FUTSAL PREJUDICOU O FUTEBOL”, ADMITE EX-TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA
FERNANDO FERRETTI ANUNCIA SAÍDA DO CORINTHIANS E COMANDARÁ EQUIPE DE FALCÃO
EM REDE SOCIAL, FALCÃO ELOGIA BOA FASE DO AMIGO NENÊ, DO VASCO
ÍDOLO DAS QUADRAS DE FUTSAL, VINICIUS TEIXEIRA É HOMENAGEADO EM TUBARÃO (SC)

“Já estava muito feliz em estar entre os dez principais atletas do mundo e agora receber a notícia que fui o terceiro colocado e o melhor brasileiro é uma honra muito grande. Estar “atrás” de dois grandes atletas como o Ricardinho e o Miguelín é um prazer enorme e aproveito para parabenizá-los! Agradeço novamente as pessoas que votaram em mim, aos meus companheiros de clube, familiares e todos que torcem por mim. Obrigado pelo reconhecimento. Estou muito feliz”, comentou Gadeia.

O ala foi artilheiro e melhor atleta da Liga Paulista em 2015 e destaque de todas as competições que disputou. Chegou no final da temporada sendo Campeão da Superliga, Vice-Campeão da  Liga Nacional e Vice-Campeão da Liga Paulista e Campeão da Copa Paulista.

“Foi um excelente ano que infelizmente não terminou melhor pelos dois títulos que faltaram tanto na Liga Paulista, quanto na Liga Nacional e que vamos batalhar para conquistá-los nesse ano”, disse.

Nesse ano a correria não parou e com duas competições paralelas, Gadeia já vem se destacando. Na Liga Nacional, a ADC Intelli segue na briga pela liderança da competição e o ala já marcou 7 gols, em 5 jogos. Na Liga Paulista a disputa é mais acirrada, já que ele marcou apenas 1 gol e a Intelli segue na vice-liderança do grupo B.

“Estamos em uma maratona de jogos nesse início de temporada e estamos sentindo um pouco. Apesar disso as vitórias que estamos conquistando a cada rodada tem sido bastante importante”, analisou.

A boa fase, apesar de todos os compromissos e alguns deslizes nas primeiras rodadas, se juntam ao momento de orgulho em ser eleito o melhor brasileiro no futsal e principalmente quando o momento é de aguardar a lista final da convocação para o Mundial que acontece em Setembro, na Colômbia.

“Venho trabalhando forte justamente para mostrar meu trabalho e poder estar na próxima lista de convocação. Quero muito merecer estar nesse Mundial”, finalizou Gadeia.

Foto: Andre Montejano