Três razões explicam empate sem gols entre Inter e Chapecoense

Foto: Ricardo Duarte/SC. Internacional

A primeira etapa teve o Inter com maior presença ofensiva, mas não conseguiu finalizar a gol com eficiência. A Chapecoense explorou o contra-ataque e o Colorado abusou das bolas erguidas na área, principalmente pela esquerda com Artur. William foi pouco acionado e o resultado de 0 a 0 acabou sendo justo.

No segundo tempo, tivemos maior presença colorada no ataque e até um pênalti foi marcado a favor do Colorado. Paulão bateu, Danilo defendeu e no rebote, Aylon tentou dar um carrinho e novamente Danilo defendeu. No final das contas, o empate sem gols acabou sendo mais justo resultado. Em apenas três razões explico o porque deste empate.

1-Danilo (Chapecoense)

O nome do jogo na noite deste domingo no Beira-Rio. O camisa 1 da Chape fechou a meta e pegou até pensamento.

2-Argel

O treinador do Colorado teve mais uma má jornada. Não treinou bem a equipe e durante o jogo fez mudanças que em momento algum deram ânimo à torcida Colorada. A falta de troca de passes e lucidez em campo levam a um questionamento: Até quando Argel seguirá no comando do Internacional?

3-Paulão

O zagueiro recebeu a incumbência de cobrar o pênalti e ele executou mal a cobrança. Depois que perdeu o tiro penal passou a ser um dos mais vaiados em campo.