TRE de São Paulo aprova o registro do Partido Nacional Corinthiano

partido corinthiano
Foto: Reprodução/PNC

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo aprovou nesta terça-feira o registro do Partido Nacional Corinthiano (PNC). Também foram aprovados os registros dos órgãos municipais de São Paulo (capital) e Ubatuba. Todos os requisitos exigidos na legislação eleitoral em relação à documentação necessária foram cumpridos, de acordo com o site do TRE de São Paulo.

LEIA MAIS:
Léo Príncipe é a novidade na reapresentação do Corinthians 
Sem Brasileirão, Band patina na audiência 

O PNC conseguiu o apoio de 24.710 eleitores no Estado. O mínimo exigido é 21.262 eleitores, ou seja, 0,1% dos votos válidos para a Câmara dos Deputados no último pleito.

O apoio dos eleitores é comprovado mediante listas ou formulários organizados pela legenda em fase de criação, com assinatura e dados de cada eleitor, e apresentados às zonas eleitorais para certificação.

Em 2015, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) havia negado o pedido de registro, por unanimidade, em julgamento. Os ministros não receberam a documentação necessária para a criação da nova legenda.

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)