Com Douglas Costa, Prass e Neymar, Micale convoca seleção olímpica

Palmeiras
Crédito de imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Com novidade, o técnico Rogério Micale convocou os 18 jogadores que irão representar a seleção olímpica no Rio de Janeiro. Aos 37 anos, Fernando Prass será um dos veteranos que representarão o Brasil. Completam a lista dos jogadores acima de 23 anos Douglas Costa, do Bayern de Munique e Neymar, craque e até então capitão da seleção principal.

LEIA MAIS:
EXCLUSÃO E DESIGUALDADE: DOCUMENTÁRIO EXIBE O QUE O RIO NÃO QUER MOSTRAR AO MUNDO NA OLIMPÍADA

Após muita expectativa, Rogério Micale definiu os jogadores que farão parte da seleção olímpica nos jogos Rio-2016. Após muita especulação, o treinador confirmou o experiente Fernando Prass ao lado de Douglas Costa e Neymar como os experientes. Thiago Silva, que figurou na pré-lista dos 35 jogadores possíveis, não está na lista final, possivelmente por não ter sido liberado pelo PSG.

O zagueiro ficará fora daquela que seria sua terceira olimpíada, já que participou das edições de Pequim-2008 e Londres-2012, onde se firmou como capitão brasileiro. Marquinhos, seu companheiro de zaga no clube, está confirmado.

Sobre Fernando Prass, Micale foi enfático. “Ele tem o perfil de liderança. Peguei muitas informações sobre o que ele representa ao seu clube, é um jogador de liderança. Vem se destacando e se demonstrou ser bom em penalidades. É um torneio que pode acontecer essas coisas. Quer ganhar sempre. É isso que queremos hoje para a nossa seleção: que tenha técnica e saiba da importância de vestir a camisa da seleção brasileira. Ter amor por isso.”

CONFIRA ABAIXO A LISTA DOS 18 JOGADORES CONVOCADOS PARA A SELEÇÃO OLÍMPICA:

Goleiros: Prass (Palmeiras) e Uilson (Atlético-MG)
Defensores: Luan (Vasco), Rodrigo Caio (São Paulo), Marquinhos (PSG), Douglas Santos (Atlético-MG), Zeca (Santos) e Willian (Internacional).
Meias: Rafinha (Barcelona), Rodrigo Dourado (Internacional), Fred (Shakhtar Donetsk), Thiago Maia (Santos), Felipe Anderson (Lazio)
Atacantes: Neymar (Barcelona), Douglas Costa (Bayern de Munique), Gabriel (Santos), Gabriel Jesus (Palmeiras), Luan (Grêmio)

Até antes do vexame na Copa América Centenário, Dunga seria o comandante da seleção olímpica auxiliado por Micale. Após a demissão, Tite assumiu o time principal mas preferiu não estar na comissão que estará no Rio de Janeiro. Micale falou sobre o trabalho de ambos os treinadores e diz que espera contar com Adenor.

“Em relação ao legado do Dunga, existia um trabalho conjunto. Mas a partir do momento que assumi a seleção olímpica a autonomia para convocar passou a ser minha. Conversei com o Tite. Dei as boas vindas e há um trabalho agregado. Agora, gostaria muito de dizer que quero contar muito com o Tite junto ao meu trabalho. Tem muito a agregar. É o atual campeão brasileiro e tem toda a liberdade”, concluiu.

Sete clubes brasileiros ficarão desfalcados e podem perder seus jogadores por quase um mês. São eles Santos, Inter, Palmeiras, Vasco, Galo, SP e Grêmio. A seleção se apresenta no dia 18 de julho para o início das preparações, e só será liberada (caso avance o suficiente como em caso de final) em 21 de agosto.



Jornalista formado pela USCS, apaixonado por esportes, cultura e comunicação. Ex-atleta em atividade, pensa que sabe algo sobre futebol, handebol e esportes americanos.