Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Dani Alves se despede do Barcelona em carta emocionante

Dani Alves está oficialmente fora do Barcelona. A notícia que já havia sido confirmada por meios de comunicações e pelo clube catalão, agora vem do próprio jogador, e de maneira muito emocionante. Em sua conta no Instagram, o lateral direito escreveu uma carta aberta ao clubes e aos torcedores, agradecendo por todos os oitos anos de clube.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Reprodução/Instagram


LEIA MAIS:
NEYMAR ENCONTRA MICHAEL JORDAN EM LANÇAMENTO DE NOVAS CHUTEIRAS

Dani Alves chegou do Sevilla em 2008, e de lá pra cá alcançou as maiores conquistas de sua carreira. Despontou no futebol mundial, disputou duas Copas do Mundo, além de conquistar seis vezes o Campeonato Espanhol, quatro vezes a Copa da Espanha, três Uefa Champions League, quatro Supercopas da Espanha, três Supercopas Europeias, além de três Mundiais de Clubes da Fifa.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Agora, o futuro de Dani Alves fica entre Juventus e PSG. O acordo com o time italiano havia sido dado como certo, mas sua empresaria Dinorah Sant’ana esteve recentemente em Paris para ouvir a proposta do clube francês.

CONFIRA ABAIXO A CARTA DE DESPEDIDA DE DANI ALVES:

En un mes, hará ocho años de mi llegada al FC Barcelona. En julio del 2008, entré por primera vez en este club y ocupé el vestuario en el que he vivido los logros más importantes de mi carrera profesional. Desde el primer día, desde ese primer entrenamiento a las órdenes de Pep Guardiola, hasta el último de ésta pasada temporada, he tenido la fortuna de poder disfrutar apasionadamente el fútbol. Tengo decenas, centenares, de imágenes grabadas en la mente de momentos compartidos con todos ustedes en el Camp Nou, desde el césped de grandes estadios mundiales, en las calles de Barcelona… tantas celebraciones de gol, tanta felicidad en forma de títulos. Soy un privilegiado, un futbolista trabajador y honrado, a quién la vida le ha permitido vestir la camiseta del mejor club del mundo en una década prodigiosa por la calidad de sus jugadores y entrenadores. Podría mencionar uno a uno a todos los extraordinarios compañeros con quiénes he tenido el placer de superar retos y dificultades en las múltiples formas en las que se han ido presentando a lo largo de este tiempo, pero prefiero darles un agradecimiento conjunto, porque en el vestuario del Barça no hay lugar para individualidades: Ganamos todos, perdemos todos. Y trabajamos juntos. Y tirando de la nave, presidentes, ‘misters’, cuerpo técnico, trabajadores del club… a todos ellos muchas gracias porque siempre he visto recompensado mi esfuerzo con su confianza y apoyo. Con esta carta no me despido, sólo quiero hacerles saber que he tomado la decisión de buscar un nuevo reto en mi carrera, porque las etapas –también las que son bonitas y gloriosas- se han de saber abrir, disfrutar y acabar cuando es el momento preciso. Y mi momento es este. Me voy, pero volveré, porque soy un culé más. Gràcies per fer-me sentir tan estimat.

Uma foto publicada por DanialvesD2 My Twitter (@danid2ois) em

“Em um mês fará oito anos de minha chegada ao Barcelona. Em julho de 2008, entrei pela primeira vez neste clube e vesti a camisa em que vivi as melhores e mais importantes conquistas da minha carreira profissional. Desde o primeiro dia, desde o primeiro treinamento e as ordens de Pep Guardiola, até o último desta temporada que se passou tive a sorte de poder disfrutar apaixonadamente do futebol. Tenho dezenas, centenas, milhares de imagens gravadas na mente de momentos compartilhados com todos vocês no Camp Nou, desde a grama dos grandes estádios mundiais, até as ruas de Barcelona… Tantas celebrações de gols, tanta felicidade em forma de títulos.

Sou um privilegiado, um futebolista trabalhador e honrado, a quem a vida permitiu vestir a camisa do melhor clube do mundo em uma década prodigiosa pela qualidade de seus jogadores e treinadores. Poderia mencionar um a um todos os extraordinários companheiros com quem tive o prazer de superar problemas e dificuldades nas múltiplas formas em que se apresentaram ao longo do tempo, mas prefiro lhes dar um agradecimento conjunto, porque no vestiário do Barça não há lugar para individualidades: ganhamos todos, perdemos todos. E trabalhamos juntos… Presidentes, “professores”, corpo técnico, trabalhadores do clube. A todos eles, muito obrigado porque sempre vi meu esforço sendo recompensado com sua confiança e apoio.

Com esta carta não me despeço, só quero que saibam que tomei a decisão de buscar um novo desafio na minha carreira, porque as etapas – também as que são bonitas e gloriosas – hão de se abrir, disfrutar e acabar quando o momento se faz necessário. E meu momento é este. Me vou, mas voltarei, porque sou mais um culé. Obrigado por fazerem eu me sentir tão estimado”