Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Técnico do Haiti elogia Coutinho e lamenta 7 a 1: “E agora?”

Enquanto a maioria dos franceses estão na expectativa pela Eurocopa, Patrice Neveu se concentra na Copa América Centenário. Ele é o técnico do Haiti, que perdeu por 7 a 1 do Brasil em Orlando.

Bia Palumbo
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Crédito de imagem: Rafael Ribeiro / CBF

LEIA MAIS:
Brasil x Haiti tem gafe na hora do gol; confira
Relembre 7 goleadas por 7 x 1 no Brasileirão
Brasil x Haiti: Confira os melhores momentos do jogo pela Copa América
Saiba quantos pontos Philippe Coutinho faria no Cartola FC

“Coutinho é um excelente jogador. O Brasil está em evolução, mas os jogadores são muito talentosos e o Haiti não conseguiu entrar no mesmo ritmo, então não tivemos boas jogadas ofensivas”, resumiu Patrice Neveu na coletiva após a partida no CampingWorld Stadium, conhecido como Citrus Bowl, em Orlando.

O jogador do Liverpool marcou três vezes na goleada, que ainda teve Renato Augusto (2), Lucas Lima e Gabriel balançando as redes do goleiro Placide. O jovem centroavante do Santos ainda perdeu duas chances cara a cara, Willian chutou rente à trave mas o placar terminou 7 a 1.

O gol de honra marcado por James Marcelin marcou a história do confronto, pois foi o primeiro do time caribenho no confronto Brasil x Haiti. No entanto, o placar elástico e o desgaste físico dos atletas são as principais preocupações de Patrice Neveu.

“Nosso primeiro desejo era fazer o gol, mas após uma derrota como essa vai ser algo difícil. Como vou motivá-los? Eles estão muito cansados, meu trabalho é tentar fazer com que eles se sintam da melhor maneira possível”, finalizou.

Ex-jogador de futebol, Patrice Neveu só atuou por times franceses e após pendurar as chuteiras treinou seleções como Níger, Guiné, Mauritânia e Congo. Ele trabalha no Haiti desde dezembro de 2015.

Sem chance de classificação para as quartas de final da Copa América Centenário, o Haiti cumpre tabela no grupo B contra o Equador no próximo domingo (12). O jogo será às 19h30 (horário de Brasília), em Nova Jersey.