Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Camisa 10 reservada? Novos reforços escolheram outros números no Fluminense

No dia que o Fluminense completa 114 anos de existência, a diretoria inaugurou seu novo centro de treinamento, na Barra da Tijuca. Junto com a festa, serão apresentados os seis novos reforços do tricolor; o centroavante Henrique Dourado, os meias Marquinho, Danilinho e Aquino e os atacantes Rojas e Wellington Silva.

Allan Abi Madi
Colunista do Torcedores.com.

LEIA MAIS:
Brasileirão gringo! Veja os estrangeiros contratados no fim da janela
Mercado da bola: Jonathan revela que não continuará no Fluminense em 2017
CBF anuncia convocação de 7 jogadores que vão treinar com a Seleção Olímpica
Opinião: Os 5 destaques do Brasileirão tem menos de 25 anos

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

 

O que mais chama atenção é que nenhum dos novos contratados escolheram a camisa de número 10, que continua vaga aguardando um dono. O meia Danilinho usará a camisa 21, Alexis, a 19, que era de Richarlison, que passa a usar a 70. Marquinho escolheu o número 77, Aquino o 16 e Wellington a 11.

Nas redes sociais, muitos torcedores e até jornalistas acreditam que a diretoria ainda pode estar negociando com um reforço para comandar o meio-campo e vestir a tradicional camisa 10.

Um dos nomes mais comentados nos bastidores é do meia Dátolo, que trabalhou com Levir Culpi no Atlético-MG. O jogador argentino se recupera de lesão, por isso chegou a ser descartado pelo treinador.

O último jogador a vestir a camisa 10 do Flu foi Diego Souza, que acabou liberado para retornar ao Sport de Recife.

 

CONFIRA AINDA 4 ESPECIAIS FEITOS PELO TORCEDORES.COM:

Brasileirão gringo! Veja os estrangeiros contratados no fim da janela

42 jogadores que não completaram 7 jogos no Brasileirão e podem ser bons reforços

LIVRES!!! 19 jogadores que ficaram SEM contrato em Junho e podem ser bons reforços  

25 jogadores que estão na Europa e poderiam atuar no Brasileirão

Confira uma equipe escalada, de 1 à 11 apenas com reforços “disponíveis” para seu time no Brasileirão

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: Allan Abi Madi – @allanmadi

As melhores notícias de esportes, direto para você