Coritiba x Flamengo: De olho no G-4, Zé Ricardo pede atenção com jogadores mais experientes do Coxa

Neste domingo (31), o Flamengo viaja ao Paraná para enfrentar o Coritiba, às 16h (Horário de Brasília), no Couto Pereira, pela 17ª rodada do Brasileirão, com o sonho de dormir no G-4. Um dos melhores visitantes do nacional, ao lado do Palmeiras, a equipe de Zé Ricardo terá Leandro Damião no banco pela primeira vez e aposta no bom retrospecto recente para sair com os três pontos do confronto.

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Crédito da Foto: Divulgação/Site do Flamengo

LEIA MAIS:
NEYMAR SOBRE JOGAR NO FLAMENGO: ‘SERIA UMA HONRA’
“EU QUERO QUE O PATO VÁ PARA O INFERNO”, DIZ NETO SOBRE A VENDA DO ATACANTE
MERCADO DA BOLA: VILLARREAL ANUNCIA OFICIALMENTE A CONTRATAÇÃO DE ALEXANDRE PATO

O Flamengo não perde para o Coritiba no Couto Pereira há cerca de três anos. De 2013 pra cá, o rubro-negro conquistou uma vitória por 1 a 0, em 2013, e outras duas por 2 a 0, em 2014 e 15, em jogos do Campeonato Brasileiro. Para Zé Ricardo, o Mengão precisa estar ligado para não ser vitima dos “vovôs” do time paranaense.

— O Coritiba montou um elenco muito experiente para este Campeonato Brasileiro e tem condições de subir na tabela de classificação e parar de brigar contra o rebaixamento. O Flamengo precisa estar atento a esta situação para não ser surpreendido, esperando uma coisa que não vai acontecer. Não vamos encontrar facilidades e teremos pela frente um adversário que com toda a certeza vai querer propor o jogo e pressionar por jogar em casa e precisar da vitória tanto quanto o nosso time precisa. Portanto, temos que estar ligados ao longo dos noventa minutos se não quisermos ser surpreendidos, disse.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Sem Emerson, Ederson, Rodinei e Réver, Zé Ricardo deve escalar Rafael Vaz para formar dupla com Juan. Chiquinho será mantido na lateral-esquerda, já que Jorge ainda sente a lesão que o tirou da partida contra o América-MG. Guerrero ganha a companhia de Everton no comando de ataque, que volta de suspensão, e terá Leandro Damião o observando do banco como opção.

Com 27 pontos conquistados, o Rubro-Negro ocupa a sexta posição e pode dormir como quarto colocado em caso de vitória sobre o Coxa e derrota do Santos para o Cruzeiro. O Atlético-PR, seu concorrente direto por vaga no G-4, saiu derrotado por 2 a 0 para o Sport. A certeza é de que se virer os três pontos, em Curitiba, o time assume a quinta posição.

Local: Couto Pereira, Curitiba
Data e horário: domingo, 16h (horário de Brasília)
Escalação provável:
Alex Muralha, Pará, Juan, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Mancuello; Everton e Guerrero.
Desfalques: Réver (poupado), Jorge (em recuperação de dores no joelho esquerdo), Rodinei, Ederson e Emerson Sheik (ambos em recuperação de lesão).  
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA) apita, auxiliado por Guilherme Dias Camilo – MG (FIFA) e Celso Luiz da Silva – MG (CBF-1).