GUIA RIO 2016 TORCEDORES.COM – SAIBA TUDO SOBRE O VÔLEI MASCULINO

O Torcedores.com continua seu especial para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 que conta um pouco da história de cada esporte olímpico, algumas curiosidades para você contar por aí, além de informar os favoritos das provas e quem são os brasileiros nelas. Falaremos do vôlei masculino, que tenta chegar a sua quarta final olímpica consecutiva

LEIA O GUIA RIO 2016 DE OUTROS ESPORTES:
ATLETISMO, BADMINTONBASQUETE MASCULINO, BASQUETE FEMININO, BOXECANOAGEM VELOCIDADECANOAGEM SLALOM, CICLISMO BMX, CICLISMO ESTRADA, CICLISMO MOUNTAIN BIKE, CICLISMO PISTA,  ESGRIMAFUTEBOL MASCULINOFUTEBOL FEMININO, GINÁSTICA ARTÍSTICA, GINÁSTICA RÍTMICA, GINÁSTICA DE TRAMPOLIM, GOLFEHANDEBOLHIPISMO, JUDÔ, LEVANTAMENTO DE PESO, LUTA, MARATONA AQUÁTICA, NADO SINCRONIZADO, NATAÇÃO, PENTATLO MODERNOPOLO AQUÁTICO, REMORUGBY DE SETE, SALTOS ORNAMENTAIS,TAEKWONDOTÊNISTÊNIS DE MESA,TIRO COM ARCOTIRO ESPORTIVO, TRIATLO, VELAVÔLEI FEMININO, VÔLEI MASCULINOVÔLEI DE PRAIA

INTRODUÇÃO: O vôlei foi inventado em 1895 pelo Americano William G. Morgan na cidade de Springfield, Estados Unidos. A ideia surgiu na Faculdade de Springfield, Morgan queria um esporte que fosse uma mistura de basquete, beisebol, tênis e handebol, criando então o “mintonette”, rebatizado de voleibol em 1896. Curiosamente, o jogo evoluiu nas Filipinas, onde os jogadores começaram a atacar e defender. apareceu pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Paris, em 1924, como um esporte de demonstração. Sua entrada definitiva no programa olímpico veio apenas 40 anos depois, muito em virtude dos esforços feitos pela Federação Internacional de Vôlei, criada em 1947. As competições masculina e feminina estrearam nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 1964 para nunca mais sair.

volei masculino wallace

VOCÊ SABIA?

  • Que o vôlei era muito popular em clubes de nudismo nos anos 60? Praticamente todos os clubes nudistas possuíam quadras de vôlei.
  • Que a altura da primeira rede de vôlei era de apenas 1,98m? Hoje, a altura das redes para os homens é de 2,43 e de 2,24m para as mulheres
  • Que atualmente o vôlei é o esporte mais popular do mundo, atrás apenas do futebol?

 

VÔLEI MASCULINO

HISTÓRICO: Nas primeiras cinco edições do torneio olímpico masculino de vôlei, o esporte era dominado pelos europeus e principalmente pela União Soviética, detentora de três títulos. O cenário mundial mudou a partir dos anos 80, com os países das Américas do Sul e do Norte se destacando. Cuba, Argentina, Brasil e os Estados Unidos passaram a incomodar as grandes potências europeias, com os americanos conquistando dos títulos (1984 e 1988). Os anos 90 viram a Holanda e a Itália com boas gerações, com os holandeses conquistando um título (1996) e perdendo outro para o Brasil (1992). A partir de 2000, o Brasil passou a se destacar, conseguindo estar entre os quatro melhores do mundo três vezes desde os Jogos de Sydney em 2000, conseguindo um ouro (2004) e duas pratas (2008 e 2012). Em 2016, o Brasil tenta alcançar sua sexta final olímpica e conquistar o terceiro título, se igualando assim a União Soviética. Os Estados Unidos têm a chance de chegar a um inédito tetra campeonato nas quadras do Rio.

 

ATLETAS QUE BRILHARÃO NO RIO

Os melhores atletas do mundo estarão nos jogos olímpicos. Os franceses Earvin N’Gapeth (foto) e Antonin Rouzier são dois dos melhores ponteiros do mundo e estarão no Rio. O central americano David Lee também deve se destacar. Fique atento ainda ao italiano Simone Giannelli, ao polonês Michal Kubiak, e nos brasileiros Wallace e Lucarelli.

volei masculino ngapeth

QUEM CHEGA FORTE AO RIO:

O Vôlei masculino é um dos esportes coletivos mais disputados atualmente, sem nenhum grande favorito chegando ao Rio de Janeiro.  Para se ter uma ideia, França, Polônia, Estados Unidos (foto), Rússia e Brasil possuem algum título nas principais competições internacionais de vôlei (Jogos Olímpicos, Campeonato Mundial, Copa do Mundo e Copa dos Campeões) no último ciclo olímpico. Itália e Irã, apesar de não terem tido títulos expressivos nos últimos quatro anos, são outros dois países que podem dar trabalho. Os outros cinco países (Argentina, Canadá, Cuba, Egito e México) estão um nível abaixo.

volei masculino eua

 

MELHORES RESULTADOS NO ÚLTIMO CICLO OLÍMPICO DOS PARTICIPANTES:

Estados Unidos – Campeão da Copa do Mundo (2015), Campeão da Liga Mundial (2014),

Polônia – Campeã Mundial (2014)

Brasil – Campeão da Copa dos Campeões (2013), vice-campeão da Liga Mundial (2016)

Rússia– Campeã Olímpica (2012), Campeã da Liga Mundial (2013)

França–  Campeã da Liga Mundial (2015), terceiro lugar na Liga Mundial (2016)

Itália– Vice-campeã da Copa do Mundo (2015)

Irã– quarto lugar na Liga Mundial (2014)

Argentina  – Campeã Pan Americana (2015)

 

COMO É A DISPUTA?

Doze países, divididos em duas chaves de seis times, disputarão a tão sonhada medalha de ouro. Os quatro primeiros de cada grupo se classificam e enfrentam adversários do outro grupo nas quartas-de-final (sendo o primeiro colocado de um grupo contra o quarto colocado do outro e o segundo colocado de um contra o terceiro colocado de outro). A partir daí, saem os semifinalistas e finalistas.

OS GRUPOS: No começo de Junho, foram decididos os grupos do torneio olímpico de vôlei. O Brasil ficou no grupo A, ao lado de Itália, Estados Unidos, França, Canadá e México. Das cinco seleções, Canadá e México não devem incomodar, o que facilita a classificação à fase final. A seleção deve brigar pela liderança do grupo com França e Estados Unidos, com a Itália podendo surpreender.

O grupo B conta com Rússia, Polônia, Argentina, Irã, Cuba e Egito e é um pouco mais fraco. Dos seis times, Rússia e Polônia devem brigar pelas duas primeiras colocações, com Irã e Argentina tentando aprontar alguma surpresa. Cuba e Egito estão um nível abaixo.

 volei masculino brasil

QUAIS AS CHANCES DO BRASIL?:  A seleção masculina  não tem a mesma superioridade que costumava ter no início dos anos 2000. Entretanto, não é prudente descartar um time de Bernardinho. O time viu o crescimento de alguns jogadores na Liga Mundial em 2016 (da qual se sagrou vice-campeão, perdendo apenas para a Sérvia, que não estará no Rio de Janeiro). como Maurício Borges e Maurício Souza (eleito o melhor central da Liga Mundial). Lucarrelli e Wallace vivem grande fase, Serginho é o melhor líbero da história e os levantadores Bruninho e William tem muita qualidade. O problema desta geração do Brasil é fechar partidas em momentos decisivos e ter um desempenho ruim jogando em casa.

As chances do Brasil conquistar uma medalha são de altas.

 

PALPITE DO GUIA:

Ouro: Brasil;

Prata: França  

Bronze: Estados Unidos

 

(imagens: reprodução facebook Federação Internacional de Vôlei e Confederação Brasileira de Vôlei)



Paulistano, 27 anos, deixou a publicidade e o marketing esportivo para ingressar no jornalismo e conseguir cobrir grandes eventos esportivos. Apaixonado por esportes olímpicos e futebol americano, sonha em estar no Rio de janeiro em 2016 para cobrir os Jogos Olímpicos in loco.