Negueba vê pressão maior ao ser comparado com antigo ídolo do Grêmio

“Era uma intenção do clube de longa data contar com ele. Temos certeza que fará um grande trabalho. Me arrisco a dizer que estamos recebendo nosso novo Paulo Isidoro”. Foi dessa forma que o vice-presidente de futebol do Grêmio, Alberto Guerra, apresentou o meia-atacante Negueba ainda no início de junho, fazendo referência ao antigo jogador gremista do início da década de 80.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Crédito da foto: Divulgação/Lucas Uebel/Grêmio

LEIA MAIS:

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Veja o que precisa acontecer para o Grêmio virar líder na próxima rodada

Lugano revela “carinho especial” pelo Grêmio

Cinco nomes para o Grêmio analisar após a saída de Giuliano

Paulo Isidoro de Jesus, ou simplesmente Paulo Isidoro, ajudou o Grêmio a conquistar o seu primeiro Campeonato Brasileiro, no ano de 1981. Ele também jogou em outras grandes equipes do futebol brasileiro como Atlético-MG, Santos, Cruzeiro e Inter, além de inúmeras convocações para a seleção brasileira. O perfil franzino, negro e velocista, de fato, remete a Negueba, que entende que a comparação gera uma pressão a mais.

“Atrapalha um pouco porque você tem uma pressão. Mas é natural, sempre sou comparado com alguém”, resignou-se Negueba, que lembrou que no Flamengo, clube que se profissionalizou em 2010, era seguidamente chamado de novo Adílio, em alusão ao lendário meia que jogou com Júnior e Zico no Flamengo da década de 80.

Boa atuação e sequência

Deixando as comparações de lado, Negueba quer seguir fazendo o seu trabalho no Grêmio para ter mais chances no time titular. No domingo passado, ele foi uma das gratas surpresas da equipe na vitória por 1×0 sobre o São Paulo, na Arena. Sem Giuliano, vendido ao Zenit, da Rússia, Roger Machado apostou em Negueba para cumprir a mesma função e gostou do resultado.

“Observei o Giuliano e fui me adaptando aos poucos. São características diferentes. A função tática é diferente da que eu fazia no Coritiba”, diz o jogador.

A tendência é que Negueba seja mantido na equipe titular para o confronto contra o América-MG, domingo, às 16h, no Independência, em Belo Horizonte. O Grêmio está em 3° lugar, com 30 pontos, e pode assumir a liderança se Palmeiras e Corinthians tropeçarem na rodada. Dessa forma, Negueba estará mais perto de repetir um dos feitos de… Paulo Isidoro.