Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Rio 2016: Marta, a rainha do futebol

O futebol feminino não tem a mesma visibilidade que o masculino, mesmo em ascensão, os olhares são muitas vezes preconceituosos e conservadores, mesmo assim nada foi capaz de tirar o brilho de Marta e coloca-la entre os principais atletas seja de qual for o esporte. Se Pelé é o rei do futebol, Marta é sem dúvidas a rainha. Seu estilo de jogo encanta qualquer amante do futebol e é difícil vermos uma partida da seleção brasileira feminina sem não procurarmos a jogadora.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Divulgação/ Facebook Oficial da jogadora Marta

O primeiro clube que Marta jogou profissionalmente foi o Vasco, em 2000. Depois de jogar pelo Gigante da Colina, a jogadora foi para o futebol nordestino atuar pelo Santa Cruz, onde alcançou pela primeira vez a seleção brasileira, de lá foi pra Suécia, um país que estava abrindo as portas para o futebol feminino entrar de vez. No Umea, seu primeiro clube no país nórdico, Marta conseguiu se destacar e conseguiu conquistar a Copa da UEFA, não só isso, ela também foi a artilheira do campeonato sueco. A brasileira ainda conseguiu conquistar o tetracampeonato sueco até se transferir para o futebol americano. Nos Estados Unidos a passagem pelo seu primeiro clube americano, o Los Angeles Sol, foi rápida e Marta voltou para o Brasil para atuar pelo Santos, em 14 partidas pela equipe paulista a jogadora marcou 26 gols. Voltou para o Estados Unidos e novamente foi emprestada para o Santos, em que mais uma vez teve uma passagem de destaque, mesmo não sendo como a primeira. Depois de deixar o Santos, voltou para o EUA, dessa vez para o Western New York Flash, clube em que encerrou sua passagem pelo futebol americano. Atualmente, Marta é a atacante do Rosengard, da Suécia; a camisa 10 joga no futebol sueco em sua segunda passagem desde 2012, quando na ocasião se transferiu para o Tyreso FF.

Pela seleção brasileira, Marta conquistou duas vezes o Pan Americano (03/07) e foi duas vezes prata nos Jogos Olímpicos (04/08). Mesmo não tendo conquistado grandes títulos pela seleção, foi o suficiente para ser coroada 5 vezes como a melhor jogadora do mundo. Ela é a maior artilheira da história da seleção brasileira, seja feminina ou masculina. Também é a maior artilheira da história da Copa do Mundo de futebol feminino, com 15 gols.

 

PRÊMIOS

Melhor jogadora do mundo pela FIFA: 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010
Copa do Mundo de Futebol Feminino Sub-20 Bola de Ouro: 2004
Copa do Mundo de Futebol Feminino Bola de Ouro: 2007
Copa do Mundo de Futebol Feminino Chuteira de Ouro: 2007

PRINCIPAIS TÍTULOS

Liga dos Campeões da UEFA: 2003-04
Campeonato Sueco: 2005, 2006, 2007 e 2008                                                                                                                             Jogos Pan-americanos: medalha de ouro (Santo Domingo 2003 e Rio 2007)
Campeonato Sul-Americano: 2003 e 2010                                                                                                                                           Liga de futebol feminino dos Estados Unidos: 2010, 2011