Saiba como Bauza pode escalar o São Paulo para a semifinal da Libertadores

Cinco dias! Esse é o tempo que Edgardo Bauza terá para montar o melhor São Paulo, que enfrentará o Atlético Nacional na Copa Libertadores 2016.

Caio Cesar
Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.

Crédito: Érico Leonan/sãopaulofc.net

LEIA MAIS!

DIRIGENTE DO SÃO PAULO FALA SOBRE REFORÇOS PARA A LIBERTADORES: “PODE OCORRER”

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O jogo contra o Atlético Nacional se aproxima e, a cada dia que passa, os problemas se acumulam no São Paulo. A nova dor de cabeça do técnico Edgardo Bauza é Paulo Henrique Ganso, que sofreu um estiramento na coxa direita e ficará pelo menos três semanas parado no Reffis.

Ele se junta a Kelvin, que teve a mesma lesão, só que na coxa esquerda. E Patón ainda não sabe se poderá contar com Mena, Hudson e Wesley, que também se recuperam de problemas musculares, tornado muitas dúvidas para Bauza.

Começando pela lateral esquerda, Patón ainda não sabe se terá Mena me campo, caso o chileno não jogue, Bauza terá que se decidir entre o experiente, mas baleado Carlinhos e o jovem e criticado pela torcida Matheus Reis. Caso utilize Reis, Bauza ainda pode utilizar Carlinhos na função de Kelvin, o que daria um tom mais defensivo ao Tricolor.

No meio, a grande dúvida para o treinador é se Húdson estará disponível para o jogo, desfalque desde o dia 22 de Maio, o volante ainda não conseguiu se recuperar e voltou a sentir dores musculares, adiando um possível retorno. Mas o problema não é tão grande pelo fato de João Schmidt ter agradado muito o argentino.

Já na ponta esquerda, a dúvida é grande para Bauza, com Kelvin podendo ser desfalque, Carlinhos e Luiz Araújo brigam pela vaga, caso Patón escolha por Carlinhos na lateral, Luiz ganha a posição no meio. Mas ainda tem a chance de Hudson jogar, com isso, Wesley pode atuar no lugar de Kelvin.

Por fim, a posição mais concorrida e também mais difícil. Ganso sentiu dores contra o Fluminense e virou uma baixa muito importante para Bauza, que tem 3 opções. A primeira é utilizar Ytalo como meia-atacante, como ele jogou diante do Cruzeiro, em vitória por 1×0. Porém, Patón também pode escolher por Wesley, que já jogou ali também, mas o meia também é dúvida para o confronto. Por último, Bauza pode improvisar Alan Kardec como um segundo atacante, auxiliando a Calleri.

O São Paulo enfrentará o Atlético Nacional no próximo dia 6 de Julho, quando o Tricolor Paulista recebe a equipe colombiana no Cicero Pompeu de Toledo, ou melhor, o Morumbi. O jogo é válido pela partida de ida das semifinais da Copa Libertadores.

Foto: Erico Leonan/sãopaulofc.net