Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

10 jogadores brasileiros que já foram pegos no antidoping

O Palmeiras teve o seu 2º jogador na temporada pego no exame antidopoing. Após perder Alecsandro em cenário parecido, o Verdão deverá ficar sem o volante Arouca, que, embora não tenha usado a mesma substância que seu colega de clube, também foi flagrado em exame de sangue.

Glauco Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Shaun Botterill /Allsport

LEIA MAIS:
TEM MACETES? SAIBA TODAS AS NOVIDADES DO PES 2017
VASCO: QUEDA DE DESEMPENHO NA SÉRIE B PODE PREJUDICAR COPA DO BRASIL; ENTENDA
PES 2017 PODERÁ TER CAMPEONATO BRASILEIRO ENTRE TORCEDORES; CONFIRA
JOGADORA DE FUTEBOL FEMININO DO VASCO COMEMORA CONVOCAÇÃO PARA A SELEÇÃO
GAMES: SAIBA POR QUE A KOMANI CONSEGUIU O BRASILEIRÃO 2016

Contudo, eles estão longe de serem os únicos atletas brasileiros a serem pegos no exame antidoping. Pensado nisso, o Torcedores.com relembrou 10 casos de jogadores brasileiros que já foram pegos no antidoping. Confira:

  • Dodô: Em sua passagem pelo Botafogo, o artilheiro dos gols bonitos foi suspenso pelo uso de uma substância proibida;
  • Romário: O Baixinho foi pego pelo uso de finasterida, uma substância que evita a queda de cabelo;
  • Magrão: Com níveis elevados de HCG, um hormônio feminino, Magrão, volante que passou por Internacional e Palmeiras, também caiu no antidoping na época em que defendia o Novo Hamburgo.
  • Deco: Pelo uso das substâncias hidrocloratiazida (diurético) e carboxi-tamoxifeno (hormônio) em março de 2013, Deco, a época no Fluminense, também não passou no antidoping;
  • Fred: Hidroclorotiazida foi a substância identificada em Fred, ex-volante do Internacional, durante disputa da Copa América, em 2015, pela seleção brasileira;
  • Jobson: A época defendendo o Botafogo, Jobson foi pego pelo uso de cocaína;
  • Rodrigo Souto: Defendendo o Santos, Rodrigo Souto foi pego no antidoping em 2008, disputando a Libertadores da América;
  • Yago: O jogador do Corinthians utilizou a substância betametasona para tratar uma inflamação em um dos joelhos;
  • Nilton e Wellington: Defendendo o Internacional, os dois jogadores foram pegos pelo uso de hidroclorotiazida e clorotiazida, ambas classificadas como diuréticos.

Crédito da Foto: Shaun Botterill /Allsport