Basquete: Thompson decide, EUA batem Espanha, e vão à final olímpica

Os Estados Unidos garantiram a classificação para a decisão do torneio de Basquete Masculino da Olimpíada do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (19), ao bater a Espanha por 82 a 76, em partida disputada na Arena Carioca 1, válida pela semifinal da competição.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Klay Thompson foi o destaque americano no jogo, com 22 pontos. (Foto: Twitter FIBA)

LEIA MAIS:
RIO 2016: OSCAR SCHIMDT CAMPEÃO OLÍMPICO? PARA O SITE DOS JOGOS, SIM!

Klay Thompson foi o grande destaque da partida. Maior pontuador da equipe com 22 pontos, o atleta do Golden State Warriors acertou metade de seus oito arremessos de três pontos. DeAndre Jordan recuperou nada menos do que 16 rebotes, enquanto Kyle Lowry foi o maior assistente do time, com três passes para cestas de companheiros.

Pelo lado espanhol, Pau Gasol levou o time praticamente nas costas, fazendo 23 pontos e apanhando oito rebotes. Rudy Fernández fez nove pontos, além de recuperar sete bolas, mesmo número de Willy Hernángomez. Dono de 11 pontos, Sergio Rodríguez conquistou cinco assistências para seus companheiros de time.

Agora os americanos aguardam o vencedor do confronto entre Sérvia e Austrália para saber com quem decidirão a medalha de ouro. O perdedor do confronto desta noite enfrenta a Espanha na decisão pelo bronze.

Confira como foi a partida entre americanos e espanhóis

Os Estados Unidos rapidamente tomou a dianteira do placar, se aproveitando da boa pontaria de Kevin Durant, que marcou cinco dos sete primeiros tentos dos americanos. A Espanha, por sua vez, se valeu do ótimo desempenho de Pau Gasol, autor de 12 pontos, para manter a distância no placar pequena. A primeira parcial terminou com os estadounidenses liderando por 26 a 17.

O segundo quarto apresentou jogadores e comissões técnicas bastantes nervosos, o que obrigou a arbitragem a distribuir faltas técnicas. A Espanha diminuiu a vantagem americana para seis pontos, graças aos arremessos de Rudy Fernández. Os americanos chegaram a ver os europeus três pontos atrás, mas mantiveram uma diferença segura graças as bolas de três de Klay Thompson.

Os americanos aceleraram o jogo no terceiro período, e chegaram a abrir 11 pontos de vantagem. A Espanha, porém, conseguiu manter-se viva na partida, contando com Pau Gasol e Rudy Fernández. Os europeus tiveram a chance de vencer o quarto, mas um erro, aliado a uma ponte aérea completada por DeAndre Jordan deixaram os americanos nove pontos na frente do placar.

O último quarto teve início com os americanos abrindo ainda mais vantagem no placar, alcançando 15 pontos de frente. Os espanhóis ainda descontaram a vantagem, mas sofreram com arremessos errados de Fernández e com faltas no ataque. Assim, os Estados Unidos alcançam mais uma decisão olímpica no basquete masculino.

Foto: Twitter/FIBA