Handebol masculino: Brasil conta com apoio da torcida para tentar surpreender o campeão europeu

A seleção brasileira de handebol masculino encara nesta quinta feira, 11, a partir das 16:40 a seleção da Alemanha. Com uma vitória e uma derrota na competição, os Brasileiros terão que contar muito com a efusiva torcida da Arena do Futuro para tentar vencer os atuais campeões europeus. Confira os destaques de Brasil e Alemanha abaixo

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

LEIA MAIS: BRASIL TEM DUAS CHANCES REAIS DE MEDALHA NO DIA. CONFIRA 

 

A seleção brasileira de handebol masculino não terá tarefa fácil na tarde desta quinta-feira. A Alemanha é a atual campeã europeia, líder do grupo e favorita para levar a vitória no confronto com os brasileiros. Com duas vitórias por 32 a 29 diante da Suécia e da Polônia, os alemães contam com um time muito veloz e com um contra-ataque muito rápido e eficiente que costuma castigar os rivais. O destaque vai para o jogador Julius Khun (foto), artilheiro do time da competição com 13 gols marcados em dois jogos. O time não é de um jogador só. O jogo coletivo alemão é um dos pontos mais fortes da equipe. No último jogo contra a Suécia, por exemplo, 3 jogadores marcaram 5 gols.

julius khun

A tarefa não é impossível, entretanto. O Brasil foi muito bem no primeiro jogo contra a Polônia, em um jogo onde a vitória era fundamental pensando no principal objetivo que é classificar a equipe para as quartas-de-final, algo que nunca aconteceu com o time masculino na história dos Jogos Olímpicos. Com um bom jogo do armador central Toledo e do meia Thiagus, venceram a Polônia por 34 a 32. Contra a Eslovênia, um dos melhores times do mundo, deixou o placar escapar no primeiro tempo e não conseguiu buscá-lo depois, apesar de um massivo apoio da torcida e de grande atuação do ponta Chiuffa.

Uma das chaves para a vitória é aproveitar a indisciplina alemã. Em dois jogos, foram 15 exclusões por 2 minutos dos alemães, um dos times mais indisciplinados da Rio 2016 até agora. Os campeões europeus também tomaram 7 cartões amarelos e um vermelho. O Brasil precisará ter uma eficiência defensiva alta e evitar erros nos momentos finais, tal qual aconteceu contra a Eslovênia.

O confronto ocorre às 16:30 na Arena do Futuro, Rio de Janeiro. Globo, Bandeirantes, Sportv 3 e ESPN transmitem o duelo.