Dirigente confirma negociação para venda do Hull City a grupo chinês

A China está prestes a fazer mais uma compra no mundo do futebol. Segundo o Uol Esporte, o Hull City está prestes a ser vendido a um grupo de empresários do país, negócio confirmado pelo vice-presidente dos Tigers, Ehab Allam.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial do Hull City

LEIA MAIS

MERCADO DA BOLA: EX-TÉCNICO DO MANCHESTER CITY ASSINA COM CLUBE DA CHINA

SITE DE APOSTAS PROMETE TROCAR CAMISAS DE HIGUAIN PARA FÃS DO NAPOLI

Em declarações a imprensa da Inglaterra, Allam confirmou que as conversas para vender o time estão em um estágio ‘avançado’, mas não deu um prazo para que a venda do time para os chineses seja acertadas

“Como vem informando a imprensa nas últimas semanas, a compra do clube está em estado avançado. Um acordo já foi encontrado e as verificações necessárias já estão sendo encaminhadas”,disse.

Dai Yongge e sua irmã, Dai Xin Li, são os representantes do grupo que quer comprar o Hull, que chegou a começar a temporada com apenas 13 jogadores e em crise com a possível saída de seus atuais dirigentes, a família Allam. Em três partidas da Premier League, foram duas vitórias e uma derrota para os Tigers, que subiram na última temporada da Championship.

(Divulgação/Site Oficial do Hull City)