Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em 2015, Micale chegou perto de título mundial com trabalho “relâmpago”

Consagrado com a inédita medalha de ouro no futebol masculino, Rogério Micale sabe bem o quanto é difícil se dar bem na atual estrutura do futebol brasileiro.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Rogério Micale seguirá trabalhando para a CBF

Em maio de 2015, Micale, então treinador do júnior do Atlético-MG, foi convidado às pressas pela CBF para assumir o comando da seleção brasileira sub-20, que acabara de perder Alexandre Gallo. Até aí tudo bem, se não fosse por dois detalhes cruciais: o time já estava convocado pela gestão anterior e o trabalho de ajustes finais deveria ser apressado, já que o Mundial da categoria começaria no dia 30 daquele mês.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Micale não se fez de rogado e assumiu a “bronca”. Mesmo com pouco tempo de trabalho, montou um time focado na movimentação, com leveza no ataque e prioridade na posse de bola. Deu certo.

Na primeira fase, 100% de aproveitamento. Veio as oitavas e o drama começou: vitória contra o Uruguai somente nos pênaltis. Nas quartas, novo triunfo na decisão por pênaltis, dessa vez contra Portugal.

Depois de “roer o osso”, o Brasil deslanchou nas semifinais, batendo Senegal por 5 x 0, com grande jornada de Marcos Guilherme, do Atlético-PR, autor de dois gols. A trajetória de Micale e seus comandados do outro lado do mundo já poderia ser considerada uma proeza, mas ainda tinha a final.

Contra a forte equipe da Sérvia, o Brasil falhou na defesa, tomou o primeiro gol, buscou o empate já nos minutos finais de partida, com Andreas Pereira, do Manchester United, mas sucumbiu na prorrogação ao ser vazado mais uma vez.

O vice-campeonato mundial credenciou Micale a voos mais altos. Daquele grupo, apenas Gabriel Jesus acompanhou o técnico nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Pelo menos de acordo com a CBF, Micale segue nos planos. Ele dirigirá a seleção sub-20 em amistosos na Inglaterra em setembro.