Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jornal “Olé” detona eliminação da Argentina no futebol: “Papelão olímpico”

O diário esportivo “Olé!” é tradicional por suas matérias apaixonadas, principalmente quando envolvem a seleção argentina de futebol. E não foi diferente nesta quarta-feira (10), quando o time de futebol masculino do país foi eliminado ainda na primeira fase das Olimpíadas do Rio de Janeiro, após empate com Honduras em 1 a 1. O jornal chamou a campanha de “papelão olímpico”.

Allan Simon
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalha com esportes desde 2011 e já passou por veículos como R7 (Rede Record), Abril.com, UOL Esporte e Torcedores nas funções de redator, repórter, editor e apresentador de vídeos. Experiências de coberturas em duas Copas, duas Olimpíadas, dois Pans. Atualmente, produz o Blog do Allan Simon, é colunista de Mídia Esportiva do Torcedores e colaborador do UOL.

Crédito: Foto: Reprodução

LEIA MAIS
OLIMPÍADAS: ADIÓS! HONDURAS EMPATA E DESPACHA ARGENTINA

A seleção da Argentina, que ficou fora dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, havia conquistado a medalha de ouro no futebol masculino nas duas últimas edições que disputou, em Atenas 2004 e Pequim 2008.

Desta vez, porém, o time não contou com sua principal estrela, Lionel Messi, que participou do vice-campeonato da Copa América e saiu dizendo que se aposentava da seleção.

Contando com nomes bem menos estrelados, mas conhecidos na América do Sul, como o ex-atacante são-paulino Calleri, o time não engrenou. Perdeu para Portugal na estreia, venceu a fraca seleção da Argélia na segunda rodada, e não conseguiu passar de um empate contra Honduras, que se classificou por saldo de gols.

Os argentinos ainda podem ser acompanhados dos brasileiros, que correm o risco de dar vexame na noite desta quarta em casa. O Brasil será eliminado se perder para a Dinamarca, ou se empatar e houver um vencedor no jogo entre Iraque e África do Sul. O time de Neymar tem que vencer para não depender de ninguém.