Léo de Deus quebra recorde de Thiago Pereira em prova dos 200m costas da Rio-2016

O nadador Leonardo de Deus integrou a equipe olímpica do Corinthians nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro — maior time enviado pelo clube na história do evento — e conseguiu um feito histórico. Mesmo sem a conquista de uma medalha, o brasileiro conseguiu quebrar um recorde do nadador Thiago Pereira na prova dos 200m costas.

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Crédito da Foto: Satiro Sodré

LEIA MAIS
CÁSSIO REBATE CRÍTICAS DO GOLEIRO RUBINHO: “NÃO SABE DA MINHA HISTÓRIA”
GABRIEL VASCONCELOS APARECE NO BID E JÁ PODE VOLTAR A JOGAR PELO CORINTHIANS
ANDRÉS REPROVA PEDIDOS POR ATACANTE NO CORINTHIANS: “TEM ATÉ DEMAIS. O QUE PRECISA É FAZER GOL”

Com o tempo cravado de 1min57s, o corinthiano garantiu a 12ª colocação nas eliminatórias dos 200m costas e ainda quebrou o recorde brasileiro da prova. O melhor tempo pertencia a Thiago Pereira, que havia registrado 1min57s19 no Pan de Guadalajara, em 2011.

“Nos 200 metros borboleta eu saí bem chateado, bem triste, e tive um dia para me recuperar. Falei com minha família, com meus técnicos, que nós somos atletas olímpicos e a gente está aqui por alguns motivos. Um deles é a superação que eu tive de sair de um resultado adverso e melhorar uma prova em que eu não estava treinando, que havia quatro anos que eu não melhorava meu tempo. De quebra, quebrei o recorde brasileiro do Thiago Pereira. É superação. Agora é trabalhar para melhorar o tempo”, comemorou Leonardo em entrevista à Agência Estado.

Leonardo de Deus se classificou para duas provas nos Jogos Olímpicos: os 200m borboleta e os 200m costas. Em ambas, o corintiano se garantiu nas semifinais. Nos 200m borboleta, o atleta terminou como o 13º melhor com o tempo de 1min56s77. Já nos 200m costas, Léo ficou com a marca de 1min57s67, também em 13º.

Outro atleta do Timão que também fez bonito nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro foi Felipe França. O nadador conquistou a sexta posição nas semifinais nos 100m peito e na grande final terminou a prova na sétima colocação com o tempo de 59s38.

Quer saber como foi o desempenho do Corinthians nos Jogos Olímpicos? Clique aqui.